Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Hipertrofia muscular: o que é, como ela acontece e quais erros evitar

Fortalecer os músculos não é só uma questão estética: também garante um envelhecimento mais saudável e menos propenso a quedas e fraturas

Por Maurício Brum
29 Maio 2024, 17h51

A busca por um estilo de vida saudável ou um corpo mais definido tem feito cada vez mais brasileiros procurarem academias ao redor do país. Se antes os exercícios de força pareciam apenas assunto para fisiculturistas, hoje a hipertrofia muscular é buscada mesmo por quem está apenas começando a treinar.

Contudo, na tentativa de modificar o corpo e fortalecer os músculos, é preciso cuidado para não se machucar nem tentar apressar o processo. Especialmente com o uso de substâncias que até podem mudar a aparência, mas só trazem danos à saúde.

+Leia também: Lesões na academia: quais são as mais frequentes e como evitá-las

O que é, afinal, a hipertrofia muscular?

Como o nome sugere, a hipertrofia é o aumento dos músculos em tamanho e volume. Isso ocorre quando eles são exigidos por alguma atividade física que provoque uma sobrecarga controlada, que os submete a cada vez mais pesos ou repetições de um determinado exercício.

Continua após a publicidade

Como há vários músculos que podem ser ativados no corpo, os tipos de exercícios e equipamentos empregados variam conforme a área que está sendo priorizada para a hipertrofia. O ideal, claro, é evitar um desequilíbrio e alternar os grupos musculares em sua rotina de exercícios.

Fortalecer a musculatura não é apenas uma questão de estética. Além de todo exercício ser bem-vindo na saúde de modo geral, garantir uma boa saúde muscular também está associado a um envelhecimento mais saudável, especialmente devido a uma melhor proteção contra quedas e fraturas no futuro.

Qual a melhor maneira de alcançar a hipertrofia?

Exercícios direcionados aos músculos que você deseja fortalecer são o primeiro passo para alcançar a hipertrofia, mas você não deve parar por aí: é preciso cuidar da saúde em geral.

Continua após a publicidade

Atividade física sem a nutrição correta e o sono adequado pode não produzir os resultados desejados. Ao contrário, como os treinos de força submetem o corpo a uma sobrecarga, se você não estiver bem alimentado nem dormindo direito, as chances de se machucar aumentam.

Por isso, é recomendado que a atividade física seja realizada com o apoio de um profissional da área, que pode ser um personal trainer se a ideia é criar séries específicas para suas necessidades.

+ Leia tambémMais repetição ou carga? Veja essa e outras 17 respostas sobre musculação

Continua após a publicidade

Além disso, um bom acompanhamento nutricional, que forneça a quantidade adequada de vitaminas, proteínas, carboidratos e gorduras, permite que o corpo esteja abastecido para lidar com as demandas de energia que a atividade produz.

Que cuidados devo tomar em busca da hipertrofia?

Roma não foi construída em um dia, e seus músculos também não aumentarão de uma hora para a outra. É importante respeitar seus limites, e isso vale tanto para as pausas curtas entre uma série e a seguinte quanto para o descanso entre os dias de treino.

O fundamental é manter a constância: 40 minutos de exercício três vezes por semana podem criar uma rotina mais eficiente, no longo prazo, do que 2 horas feitas uma única vez na semana, por exemplo.

Continua após a publicidade

A ideia é que a atividade se torne um hábito, o que também acostuma o corpo para aumentar gradativamente a carga do exercício.

Além disso, é importante ouvir sempre um profissional da área de nutrição ou nutrologia antes de recorrer a qualquer suplementação. Não só para entender quais produtos existem no mercado e para que eles servem, mas para verificar se eles são mesmo indicados no seu caso.

E é claro: nunca faça uso indiscriminado de anabolizantes, um “atalho” com consequências gravíssimas para a saúde.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.