Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Por que fazer exercícios ajuda a passar pela menopausa

A atividade física alivia os sintomas e previne problemas de saúde comuns no climatério. Conheça bons exercícios para realizar nesse período

Por Juan Ortiz, Henrique Kanitz e Sílvia Lisboa Atualizado em 11 ago 2020, 10h56 - Publicado em 20 set 2018, 10h30

Perto dos 50 anos, em média, o corpo feminino vivencia a queda de dois hormônios típica da menopausa: o estrogênio, que regula a menstruação, promove a fixação do cálcio nos ossos e ainda está por trás das características do corpo da mulher, e a progesterona, que é quem preparava o terreno para a gravidez. Isso provoca alguns efeitos colaterais, como redução do metabolismo, oscilação do humor e maior risco de osteoporose.

Como lidar com essas encrencas? Ora, praticando atividade física. A recomendação é realizar pelo menos 30 minutos de exercícios aeróbicos por dia. “Ande de bicicleta, use a máquina do elíptico na academia ou faça natação. Na dúvida, caminhe”, diz o preparador físico André Xavier, diretor da CiaVital, academia especializada em mulheres na menopausa de Porto Alegre.

Um estudo espanhol revela que, não bastasse melhorar a flexibilidade e as condições cardiovasculares, a atividade física controla os fogachos.

No experimento, 166 voluntárias sedentárias fizeram um treino que mesclava exercícios aeróbicos e musculação durante 20 semanas – o programa incluiu três sessões semanais de uma hora de duração.

E vale mesmo pegar no halter! “Exercícios que exigem força estimulam os ossos a captar cálcio”, justifica Xavier. Sem contar que deixam a massa magra em sintonia.

Continua após a publicidade

O que fazer para manter o peso e afugentar a osteoporose

Caminhada: Democrática por natureza, envolve poucos riscos. Faça sessões de pelo menos 30 minutos três ou quatro vezes na semana.

Bicicleta: Andar de bike pode ser um meio de transporte, torra calorias e gera pouco impacto nos joelhos.

Musculação: Conserva a massa magra e ajuda a manter a integridade óssea. Indicada duas ou três vezes por semana.

Treino funcional: Baseada nos movimentos naturais do corpo, a prática ajuda a reduzir a gordura e a azeitar as articulações.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)