Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O que é medicina ayurveda

Cada vez mais conhecido no Ocidente, esse milenar sistema de saúde vindo da Índia propõe restabelecer o bem-estar físico e emocional

Por Paula Desgualdo
Atualizado em 10 nov 2017, 12h15 - Publicado em 22 jul 2017, 10h32

O ayurveda – termo que vem do sânscrito e significa “ciência da vida” – é o mais antigo sistema de saúde de que se tem notícia. Com cerca de 5 mil anos de história, sua origem remonta ao território onde hoje ficam a Índia e o Paquistão. No Brasil, porém, o método só se popularizou a partir dos anos 1980.

Para entendê-lo, é preciso deixar de lado os conceitos da medicina ocidental de saúde, doença e cura. Esqueça as especialidades médicas e o uso isolado de remédios. O foco do ayurveda não é apenas o vigor físico, mas a harmonia entre corpo, mente e alma – e olha que a ciência tradicional já colheu evidências de alguns dos seus benefícios. O propósito desse sistema é manter o equilíbrio do indivíduo consigo mesmo, com a natureza e com os outros seres. Só assim seria possível estar realmente saudável – e feliz.

O método na prática

Alimentação

Recomenda-se ingerir alimentos produzidos em sua região seguindo a estação do ano em que são cultivados. A dieta deve levar em conta o dosha, perfil baseado em determinadas características de cada indivíduo: pessoas pitta, por exemplo, precisam maneirar nos sabores picantes, que acentuam o fogo.

Terapias

Cromoterapia, aromaterapia, meditação com repetição de mantras… Tudo isso também é contemplado pelo ayurveda. São práticas que, para além do corpo físico, trabalham com a energia sutil e o propósito de vida.

Plantas medicinais

A fitoterapia é um pilar importante de medicinas orientais como a ayurvédica e a chinesa. Em geral, são usadas ervas e raízes cujas propriedades aparecem em compêndios antigos. Hoje a utilização vem no formato de chás, xaropes e cápsulas.

Massagem

Continua após a publicidade

São várias as técnicas. De um modo geral, elas aumentam a circulação dos fluidos vitais, facilitam a eliminação de toxinas e nutrem os tecidos do corpo. Podem ser feitas com óleo (bastante!) ou pós de ervas.

Purificações

Para equilibrar os doshas e manter o estado de saúde, existem tratamentos que eliminam ama, aquilo que não foi digerido e pode provocar doenças. É o caso das limpezas de intestino e das vias respiratórias.

Ioga

Ioga e ayurveda caminham juntas – ambas estão entre as principais filosofias indianas. A prática de meditação, respiração e posturas é recomendada como parte de uma rotina saudável.

A história da medicina ayurvédica

3 mil a.C.

Vêm da civilização do Vale do Indo, na Índia, as primeiras referências ao que seria a base do ayurveda. Conhecimentos dessa época se somaram à tradição oral dos Vedas, escrituras sagradas.

Continua após a publicidade

2 a.C. – 8 d.C.

Datam desse período os três tratados que condensam o sistema ayurvédico: Caraka Samhita, Susruta Samhita e Astanga Hridayam, o último escrito séculos mais tarde que os outros.

16 d.C.

Após guerras e tentativas de destruição, a ciência indiana é resgatada pelo imperador mongol Akbar, que ordenou sua compilação e permitiu que ela fosse preservada.

Descubra o seu dosha

Pitta (fogo e água)

Indivíduos com a predominância desses elementos têm tamanho mediano, metabolismo acelerado e sentem muita sede. Tendem a ser ativos e críticos. Pitta se caracteriza pelo que é quente, líquido, azedo e oleoso.

Vata (espaço e ar)

São pessoas magras, com pouca musculatura, longilíneas e friorentas. Costumam ser ágeis, entusiasmadas, comunicativas e indecisas. Vata reúne qualidades como seco, leve, frio, móvel, áspero e claro.

Kapha (terra e água)

Essa combinação está associada a uma estrutura física forte e larga, com tendência a ganhar peso. Pessoas desse tipo são estáveis, lentas, pacientes e mais preguiçosas. Kapha é pesado, suave, oleoso e adocicado.

Continua após a publicidade

Fontes: Erick Schulz, terapeuta e diretor do Instituto Naradeva Shala (SP); Aderson Moreira da Rocha, presidente da Associação Brasileira de Ayurveda (RJ); “Ayurveda – a medicina clássica indiana”, de Cesar Deveza (Revista de Medicina, USP, 2013).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.