saudeLOGO Created with Sketch.

Calçados minimalistas fortalecem os pés, revela estudo

Trocar o tênis normal por essas versões fininhas e sair andando por aí reforça a musculatura local, o que evita lesões

Seja sincero: você já malhou seu pé? “As pessoas não fazem exercícios específicos para ele, a não ser que tenham ido ao fisioterapeuta”, diz Sarah Ridge, profissional de educação física da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos. De olho em tamanha negligência, ela e outros cientistas avaliaram se os calçados minimalistas — aqueles flexíveis e sem amortecimento — tonificariam a região.

Os experts separaram 57 voluntários em três grupos: um passou a usar esses tênis no dia a dia, outro incorporou treinos exclusivos para os pés e o último seguiu com os hábitos de sempre. Após oito semanas, as duas primeiras turmas fortificaram as extremidades inferiores na mesma proporção.

E considere que pés enfraquecidos aumentam o risco de condições como a fascite plantar, que ocasiona dores na sola, e até lesões no joelho.

A transição

“Remover o suporte de calçados mais duros força os pés a suportarem o peso do corpo durante as caminhadas”, esclarece Sarah. É isso que faz os músculos da área se desenvolverem.

Entretanto, trocar o tênis normal pelo minimalista da noite para o dia, especialmente para correr, às vezes causa contusões. Como evitá-las? Com algumas sessões prévias de exercícios para os pés, que são delineadas junto com um profissional.