Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

As 10 tendências fitness para 2022

Mais de 4 500 profissionais ligados à área da saúde e atividade física foram ouvidos para eleger o que estará em alta no universo fitness neste ano

Por Fabiana Schiavon 1 fev 2022, 19h28

Encarar uma pandemia fez as pessoas olharem mais para a saúde e, como consequência, elas deram um jeito de manter o corpo em movimento mesmo durante o isolamento. Afinal, não faltam provas de que o exercício físico é um dos pilares para assegurar a boa imunidade. Essa busca impactou na lista de tendências fitness que o Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM) divulga no início de todo ano.

Com restrições indo e voltando a cada nova alta de casos de coronavírus, o ranking de 2022 se manteve semelhante ao do ano passado. As aulas virtuais, as atividades ao ar livre e o uso de relógios inteligentes seguem em alta.

“Sem dúvida, a procura pelos exercícios em áreas livres viraram uma tendência que deve permanecer. Até os esportes coletivos que antes eram feitos só no campo ou na praia migraram para a cidade, como o beach tennis”, analisa Páblius Staduto Braga, reumatologista e membro da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte.

Na visão do médico, essa mudança tem menos a ver com perder peso ou deixar o corpo sarado. Segundo Braga, estudos apontam que há um interesse maior em benefícios relacionados à saúde mental. Assim, exercitar-se no parque se torna interessante porque permite colocar os pés na grama, assim como ir à praia garante a proximidade com o mar e o contato com a areia.

A escolha por malhar em áreas externas ou até mesmo dentro de casa fez as pessoas dependerem menos de aparelhos e acessórios, outra tendência que se destacou no ranking do ACSM.

“Conforme as coisas forem melhorando, a popularidade das academias vai voltar, porque elas são ótimos lugares para se exercitar. Mas os exercícios feitos com o peso do próprio corpo deveriam ser aproveitados sempre”, declara o médico.

Compartilhe essa matéria via:

E como todo mundo quer garantir saúde, ganharam ainda mais espaço os smartwatches e outros tipos de tecnologias vestíveis. Esses itens, que aparecem no primeiro lugar do ranking desde 2019, ganham cada vez mais funcionalidades.

Mais do que medir a frequência cardíaca no treino, contar passos e calorias, os dispositivos atuais chegam a aferir a saturação de oxigênio, a qualidade do sono e até executar um eletrocardiograma.

“Esses aparelhos criam um banco de dados sobre o indivíduo que pode ser utilizado pelo médico”, resume Braga.

Em meio a essas tendências, o médico faz um alerta para quem se viu obrigado a diminuir o ritmo nesse momento tão peculiar. “Mesmo se o seu condicionamento era bom no passado, é preciso descer alguns degraus e recomeçar, construíndo uma nova história”.

E, independentemente do nível, o médico recomenda que as atividades sejam feitas sob a supervisão de um educador físico ou outro profissional habilitado. O recado é especialmente valioso para quem deseja seguir treinando em casa ou na rua.

Para a elaboração da lista de tendências fitness deste ano, o Colégio Americano de Medicina do Esporte ouviu 4 546 profissionais ligados à saúde e atividade física.

Continua após a publicidade

As 10 principais tendências fitness para 2022:

1. Tecnologia vestível: Dispositivos como relógios inteligentes e monitores que contam os passos e rastreiam a frequência cardíaca, calorias, tempo sentado e de sono, pressão arterial e respiração.

2. Exercício em casa: Feito com pouco equipamento (como esteiras ou bicicletas).

3. Atividades ao ar livre: Caminhadas, passeios em grupo, trilhas de bicicleta ou a pé em ambientes próximos à natureza.

4. Treino de força com pesos livres: Quando o instrutor cria um plano de resistência com equipamentos como halteres, kettlebells e/ou bolas medicinais.

5. Exercício para perda de peso: Programa aliado a dietas alimentares.

6. Treino pessoal: Definição de metas com um treinador dedicado a só um cliente, que prescreve exercícios específicos para necessidades individuais.

7. Treino intervalado de alta intensidade (HIIT): Inclui picos de muito esforço e pouco tempo de descanso em sessões de 30 minutos (ou menos).

8. Treino com peso corporal: Usa equipamento mínimo e tira proveito do peso e da força do próprio corpo.

9. Aulas de exercícios online ao vivo e sob demanda: usa tecnologia de transmissão digital para fornecer programas de exercícios individuais e em grupo online.

10. Coaching de saúde/bem-estar: integra a ciência comportamental em programas de promoção da saúde e medicina do estilo de vida.

E ainda…

11. Programas fitness para adultos mais velhos
12. Atividades aliadas à fisioterapia ou tratamentos médicos
13. Procurar apenas profissionais certificados
14. Treino funcional
15. Ioga
16. Aplicativos de exercícios
17. Treino individual online
18.  Licenciamento para profissionais de fitness
19.  Medicina do estilo de vida
20. Exercícios em grupo

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Acesso imediato ao app da Veja Saúde, com as edições digitais, para celular e tablet.

a partir de R$ 9,90/mês