saudeLOGO Created with Sketch.

4 exercícios que podem prejudicar a coluna

Os três primeiros são movimentos que, embora não contraindicados, pedem cautela e cargas moderadas. Já a distração merece ser combatida sempre

A atividade física ja foi comprovada como um tiro certeiro contra a dor nas costas. Em uma revisão de 21 estudos — que englobaram 30 850 participantes sem histórico recente de chateações nas costas —  mensurou-se a efetividade de palmilhas, coletes, cintas, educação postural… e, claro, das atividades físicas. De acordo com a investigação, entre todos os métodos testados, apenas os exercícios se mostraram capazes de diminuir, isoladamente, o risco de um desconforto lombar aparecer (em 35% para ser exato). E esse número chegou a 45% quando o agito constante foi atrelado a orientações profissionais voltadas para a integridade da coluna. Mas apesar dessa eficácia, alguns movimentos, e principalmente a distração na hora de fazê-los, pode ter o efeito oposto ao desejado. Confira quais são eles:

Hiperextensão

Rodrigo Damati Rodrigo Damati

Ela ocorre quando a base das costas é empurrada bem pra trás, o que joga muito peso no local. Dentro da academia, o gesto é repetido várias vezes em séries de extensão abdominal, que tonificam os músculos superficiais da barriga — já os que sustentam a espinha permanecem relaxados. O preocupante é que, ao realizar esse exercício, um monte de sujeitos descondicionados abraçam anilhas pesadíssimas para chegar ao verão com gominhos no abdômen. Essa sobrecarga traz um alto risco de encrenca.

Hiperflexão

Rodrigo Damati Rodrigo Damati

É, em resumo, o oposto do item anterior. Se a lombar vai muito pra frente, gera uma curvatura nada anatômica na coluna. Sessões de agachamento e de leg press, entre outras, colocam o corpo nessa posição. Contudo, a grande ameaça reside na combinação dessa postura com pesos que vão além da capacidade do praticante. Até porque o agachamento bem prescrito e executado chega a indiretamente fortificar os alicerces da coluna.

Leia também: Dor nas costas: 4 fatores inusitados causadores do problema

Rotação

Rodrigo Damati Rodrigo Damati

Ela acontece toda hora no tênis. Quando o tronco gira com tudo em torno de si mesmo, pode danificar estruturas das costas. É a velocidade e a força do movimento o que mais preocupa. Um bom preparo físico evita as dores.

Distração

Rodrigo Damati Rodrigo Damati

Ela é sorrateira: esconde-se no interior de fones de ouvido, no meio de um bate-papo com o parceiro de corrida, na pressa, no excesso de confiança e por aí vai. Quando você menos percebe, a desconcentração entorta seu tronco durante uma atividade física qualquer, aumentando a pressão sobre a coluna. A falta de cuidado com a dinâmica de um movimento rotineiro chega a elevar em 25 vezes o risco de sofrer com uma lombalgia. Procure manter o foco.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s