Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

8 receitas fáceis (e gostosas) de molhos para deixar a salada irresistível

Não se sente estimulado a colocar vegetais no prato? Pois ter um tempero gostoso à mão pode mudar essa história

Por Thaís Manarini 7 mar 2022, 14h37

Não é de hoje que a Organização Mundial da Saúde recomenda o consumo de cinco porções de vegetais por dia. Para atingir essa meta – e presentear o corpo com vitaminas, minerais, antioxidantes, fibras e por aí vai –, é importante cultivar o hábito de colocar folhas, verduras e legumes nas refeições principais. Mas muita gente foca só nos pratos quentes – mesmo no calorão.

Uma boa estratégia para mudar esse cenário é dar mais atenção ao tempero dos vegetais, indo muito além do trio azeite, vinagre e sal. “O molho é o que torna a salada mais saborosa”, resume a nutricionista Hellen Suleman, professora nos cursos de gastronomia do Senac EAD.

Alguns truques podem ajudar na escolha desse valioso acompanhamento. “Experimente combinações que façam um contraste harmonioso. Por exemplo: vegetais mais amargos combinam com molhos mais encorpados, como mostarda e mel”, ensina Hellen. “Em contrapartida, os vegetais mais suaves se adaptam melhor aos molhos ácidos”, completa.

De qualquer maneira, ela frisa que essas são apenas sugestões. Ou seja, há espaço para inventividade – também dá para fazer pesquisas em portais especializados e livros de receitas. “O que importa é experimentar e customizar receitas, de forma a encontrar a melhor para o seu paladar”, pontua.

+ Leia também: 22 erros na cozinha que afetam a sua saúde

De acordo com a expert, o principal desafio é equilibrar a acidez do vinagre ou limão com a intensidade do óleo, evitando que a salada fique oleosa ou azeda demais.

Outra dica da nutricionista é testar ervas e especiarias de sua preferência nos preparos. “Desse modo, descobrirá sabores diferentes”, justifica.

A professora do Senac selecionou oito receitas de molhos simples – até quem não tem afinidade com a cozinha consegue reproduzi-las –, mas que deixam qualquer salada irresistível. Prepare algumas e deixe-as à disposição na geladeira.

Veja as receitas abaixo e, na sequência, confira dicas para ter os vegetais sempre à disposição.

Molho clássico de mostarda e mel

Ingredientes

1 colher de chá de mostarda Dijon
2 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto
6 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de mel

Preparo

Coloque todos os ingredientes em um frasco de vidro com tampa e chacoalhe até confirmar que o molho ficou bem agregado e aveludado. Em seguida, abra o pote e ajuste o sal e a acidez com uma pitada de açúcar.

Na hora de servir, coloque as folhas lavadas numa saladeira e despeje o molho aos poucos. Com ajuda de duas colheres grandes mexa com movimentos delicados de fora para dentro, envolvendo todas as folhas com o preparo.

Sugestão de uso: com almeirão, chicória, rúcula e outras folhas mais amargas

Molho oriental

Ingredientes

4 colheres de sopa de vinagre de arroz ou de vinho branco
6 colheres de sopa de óleo de canola (mais suave)
1 colher de chá de gengibre ralado
2 colheres de sopa de molho de soja (shoyu)
1/2 colher de chá de óleo de gergelim

Preparo

Misture os ingredientes com um fouet ou colocando todos em um frasco de vidro e chacoalhando. Depois acerte o sal e adicione uma pitada de açúcar para equilibrar a acidez.

Sugestão de uso: com repolho, acelga e alface americana

Compartilhe essa matéria via:

Molho balsâmico

Ingredientes

3 colheres de sopa de vinagre balsâmico
9 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de mel
1 pitada de sal

Preparo

Misture bem todos os ingredientes e utilize.

Sugestão de uso: com folhosas e legumes cozidos ou crus

Molho de iogurte

Ingredientes

1 pote de iogurte natural integral
1 colher de sopa rasa de mostarda Dijon
1 colher de chá de molho inglês
2 colheres de sopa de azeite
Sumo de meio limão taiti
Sal e pimenta a gosto

Continua após a publicidade

Preparo

Misturar tudo com um fouet para emulsionar. Acerte o azeite e o limão para deixar mais ou menos ácido.

Molho Caesar

Ingredientes

2 filés de anchovas
1 dente de alho
1 colher de chá de mostarda Dijon
Suco de 1 limão
1 colher de chá de molho inglês
180 ml de leite
Óleo de milho até dar ponto
Azeite
Sal e pimenta

Preparo

Coloque todos os ingredientes no liquidificador, com exceção do óleo, e bata. Acrescente o óleo aos poucos, igual a uma maionese.

Sugestão de uso: com saladas de vegetais e leguminosas.

salada com molho caesar
O molho Caesar é um clássico na salada de folhas verdes. Foto: Chris A. Tweten/Unsplash/Divulgação

Molho refrescante de limão e alho

Ingredientes

1 dente de alho pequeno em pasta (amassado)
1 pitada de sal
2 colheres de limão siciliano
2 colheres de sopa de azeite
Raspas de 1 limão

Preparo

Misture bem e utilize.

Sugestão de uso: com saladas de folhosas e vegetais.

Molho pesto

Ingredientes

100 ml de azeite
60 g de nozes
1 maço de manjericão (só as folhas)
1 dente de alho pequeno
4 pedras de gelo
50 g de queijo parmesão ralado fino
Sal a gosto

Preparo

Em um liquidificador, bata o azeite com as nozes e o alho. Adicione as pedras de gelo, o sal e as folhas de manjericão. Bata rapidamente para não escurecer as folhas. Desligue o liquidificador e acrescente o queijo parmesão.

Molho de maionese de leite

Ingredientes

200 ml de leite integral gelado
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de caldo de limão taiti
Óleo de canola até dar consistência de maionese

Preparo

Coloque o leite no copo do liquidificador e acrescente o sal, o suco de limão e o óleo aos poucos, até conseguir a consistência cremosa da maionese. Uma sugestão depois de pronto é acrescentar 1 colher de chá de mostarda.

Salada sempre à mão

“É interessante organizar como será o consumo semanal de salada. Depois, compre os produtos com antecedência e faça uma higienização prévia”, recomenda Hellen.

De acordo com a professora do Senac, a limpeza consiste em lavar os vegetais ou folhas individualmente e, na sequência, deixar de molho por 10 minutos em uma solução sanitizante. Ela é feita com 1 litro de água e 1 colher de sopa de água sanitária – ou outro preparo de sua preferência.

Daí, é só enxaguar bem, secar e armazenar em potes fechados. “Coloque uma folha de papel-toalha no fundo da embalagem para absorver a umidade”, ensina a expert.

Dessa forma, ela frisa, os alimentos ficam frescos, evita-se o desperdício e, de quebra, não dá preguiça de preparar a salada em qualquer hora do dia, seja no almoço ou no jantar.

“Aproveite e deixe alguns vegetais cozidos, como brócolis e couve-flor. Ferva-os por três minutos e, em seguida, é só escorrê-los e passá-los na água gelada”, ensina Hellen. Essa técnica se chama branqueamento. Guarde-os em potes dentro da geladeira.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e no app.

Blogs de médicos e especialistas.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)