Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Leituras para desbravar a ioga

Obras de mestre indiano trazem preceitos e práticas para iniciantes e adeptos. E livro de instrutora brasileira aborda sua vivência com a kundalini yoga

Por Diogo Sponchiato 22 jul 2021, 12h28

A editora Mantra vem lançando no Brasil os livros de B.K.S. Iyengar (1918-2014), um dos mais respeitados professores de ioga da história. São obras que ensinam as ideias e práticas desse sistema de autoconhecimento que, como frisa o mestre, não se resume a exercícios para revigorar o corpo.

Em A Árvore do Yoga, ele usa a metáfora das plantas para explicar os preceitos básicos da atividade milenar. Já em Luz sobre o Pranayama, termo sânscrito que remete à respiração, Iyengar oferece um guia, inclusive visual, sobre exercícios de inspiração, expiração e retenção do ar contemplados na ioga.

Pilares ancestrais

Teoria e prática vão muito além do cuidado com o corpo

Integração: a ioga busca integrar todas as esferas da vida: do bem-estar físico e mental ao lado espiritual.

Meditação: a capacidade de focar e se desligar dos problemas do momento é trabalhada nas aulas.

Respiração: inspirar, reter, expirar: modular o entra e sai de ar dos pulmões pode revitalizar o organismo.

Posturas: elas viabilizam as práticas de meditação e respiração e mobilizam todo o corpo.

  • Quando a prática muda a vida

    A catarinense Daniela Mattos largou uma carreira promissora e estressante no mercado financeiro americano para dar um basta às dores nas costas que a perseguiam e redefinir seus propósitos. Foi nessa virada que descobriu a kundalini yoga, uma vertente popularizada no Ocidente a partir da década de 1960.

    Em seu primeiro livro, Sat Nam – Você É Seu Próprio Guru (Editora Figurati), a hoje instrutora relata sua trajetória e experiência com esse ramo da ioga, explica seus conceitos e orienta posturas, mantras, meditações e exercícios para cuidar da mente e do corpo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade