Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Raspador de língua é útil mesmo?

Moda na internet até é positiva, desde que se saiba usar

Por Ingrid Luisa
9 jul 2024, 06h00

Tão importante quanto cuidar dos dentes é cuidar da língua, órgão que pode acumular micro-organismos e virar fonte de halitose.

“A saburra lingual, aquela camada branca que se forma sobre a língua, é o principal agente por trás de alterações no hálito”, explica o dentista Mario Sergio Giorgi, do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP).

Felizmente, há instrumentos para combatê-la. O mercado dispõe, há alguns anos, de escovas com limpadores de língua (que não são tão eficazes, mas melhor que nada) e escovas próprias para esse órgão. Mais recentemente, ganharam as redes sociais os raspadores.

Vale a pena utilizar? Sim, desde que a escovação não seja deixada de lado. “Os modelos de plástico são melhores. Deve-se fazer a limpeza de forma delicada, sem machucar a língua, e basta uma vez ao dia”, instrui Giorgi.

+Leia Também: Sorrisos realinhados – a nova geração de aparelhos para os dentes

Como fazer a faxina

Um passo a passo para manter a língua em ordem

Bote para fora
Segure a ponta da língua bem estirada com uma gaze. Atenção ao reflexo de ânsia, que pode fazê-la voltar.

Limpe com cuidado
Delicadamente, coloque o raspador lá no fundo e puxe para a frente, com calma. Escovas com o artifício também servem.

Recolha a saburra
Deposite a sujeira da língua sob a gaze e jogue fora. Faça isso todo dia, antes de escovar os dentes.

Continua após a publicidade

Saiba escolher
O raspador não precisa ser de metal. Os de plástico são mais indicados. Só se lembre de lavar após o uso.

+Leia Também: Colocar sal debaixo da língua ajuda a reverter a queda de pressão?

Halitofobia: o que é isso?

O medo do mau hálito perturba muita gente. E o duro é que existe a halitose real… e a imaginária. E nem adianta fazer autotestes com a conchinha da mão ou lamber o dorso do braço porque nem sempre isso funciona. “Mudanças no hálito podem ser difíceis de perceber, mas os cuidados bucais diários e as visitas regulares ao dentista ajudam a resolver o problema”, afirma Giorgi.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.