Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Atenção aos suplementos esportivos “naturais”

O uso do termo "natural" não permite o consumo indiscriminado destes produtos, alerta Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC)

Por Ingrid Luisa Atualizado em 5 abr 2022, 16h40 - Publicado em 5 abr 2022, 16h30

Faz parte do cotidiano de muitos praticantes de esportes tomar suplementos para auxiliar no desempenho físico. Tendo uma prescrição correta e um acompanhamento profissional, tudo certo!

Mas a entidade europeia que elabora as diretrizes sobre o coração (Sociedade Europeia de Cardiologia – ESC) soou um alarme sobre o uso indiscriminado desses produtos, inclusive os “naturais”.

Não são poucos os atletas de alta performance que julgam poder tomar sem controle e orientação médica. “Alguns suplementos nutricionais, incluindo vários extratos vegetais e naturais, podem representar um sério risco à saúde, e os competidores até arriscam violar as regras antidoping”, diz o comunicado. E o coração é um dos órgãos que podem ser afetados pelo abuso desses suplementos.

A ESC também chama a atenção para substâncias experimentais, que ainda não foram devidamente testadas pela ciência. Sua utilização pode ser ainda mais perigosa e gerar danos irreversíveis à saúde. E isso vale não só para os atletas.

+Leia Também: Estudo revela lesões no fígado causadas por suplementos naturais

Para que servem

Quais são e o que fazem os suplementos mais consumidos

Continua após a publicidade

Proteicos
Na quantidade certa, contribuem para a construção e o reparo muscular. Exageros podem acarretar sobrecarga nos rins.

Colágeno
Proteína que dá sustentação a pele, músculo e osso, repõe a falta da versão naturalmente produzida pelo corpo.

Multivitamínicos
Especialistas indicam só mesmo quando há confirmação da carência de nutrientes e antioxidantes.

Cafeína
Reduz a fadiga e melhora o desempenho. Só que o excesso prejudica os resultados e ameaça o coração.

Ômega-3
Minimiza a inflamação a que o corpo do atleta estaria mais sujeito. Mas cabe consultar o profissional antes.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Acesso imediato ao app da Veja Saúde, com as edições digitais, para celular e tablet.

a partir de R$ 9,90/mês