Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Compare limões taiti e siciliano

Apesar de ambos serem nutritivos, há diferenças sutis entre eles. Descubra-as

Por Thaís Manarini - Atualizado em 6 jul 2018, 09h23 - Publicado em 24 Maio 2017, 09h30

A primeira diferença entre eles tem a ver com a sua família de origem. Isso porque o taiti é, na verdade, uma lima ácida, enquanto o siciliano, sim, é um limão verdadeiro. Dá para diferenciá-los tranquilamente. O taiti é verde, arredondado, bastante suculento e exibe uma casca fina.

“Já o siciliano possui casca amarela e bem grossa, é alongado e concentra menos suco. Além disso, tem sabor mais ácido”, conta a nutricionista Andrezza Botelho, de São Paulo. No embate por visibilidade, o taiti sai na frente. É que o siciliano não é tão simples de encontrar – o cultivo ocorre sobretudo na Europa.

Segundo Andrezza, essa variedade harmoniza bem com frango, peixe e carne. “Também é possível usá-la em receitas doces”, nota. Para temperar salada e fazer sucos, a nutricionista indica o limão-taiti mesmo. Do ponto de vista nutricional, ambos são boas fontes de vitamina C, parceira do sistema imune, e ainda esbanjam antioxidantes. Vale a pena encarar o azedume.

Energia

Continua após a publicidade

Taiti – 9,8 cal

Siciliano – 10 cal

Vitamina C

Siciliano – 39 mg

Continua após a publicidade

Taiti – 18,3 mg

Potássio

Siciliano – 72 mg

Taiti – 49, 6 mg

Continua após a publicidade

Cálcio

Siciliano – 29 mg

Taiti – 24 mg

Magnésio

Continua após a publicidade

Siciliano – 6 mg

Taiti – 4 mg

Água

Taiti – 55 ml

Continua após a publicidade

Siciliano – 44 ml

(Os valores se referem a uma unidade dos alimentos)

Placar saúde

Taiti 2 x Siciliano 4

 

Continua após a publicidade

Fonte: Andrezza Botelho, nutricionista de São Paulo

Publicidade