saudeLOGO Created with Sketch.

Tai chi no alívio da DPOC

Em estudo, a arte marcial milenar melhorou a vida de gente com o problema respiratório

Além de tomar remédios, pessoas com a chamada doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) costumam ser incentivadas a entrar em um programa de reabilitação, que engloba médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e outros profissionais.

Só que nem todo mundo tem tempo ou condições financeiras de investir nesse acompanhamento. Pois cientistas chineses descobriram, em estudo com 120 portadores da condição, que a prática de tai chi chuan pode ser tão efetiva quanto a reabilitação pulmonar na melhora do quadro – a investigação foi publicada na revista científica Chest.

Para Humberto Bogossian, pneumologista do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, o segredo pode estar no trabalho de relaxamento (e não só muscular) proporcionado pela atividade. “O paciente aprende a respirar melhor e a não ficar tão ansioso diante das crises respiratórias”, avalia. Meditação, acupuntura e reiki são outras técnicas complementares bem-vindas ao sistema respiratório.

Para conhecer nossos potenciais

Criado na China, o tai chi chuan é uma espécie de arte marcial em câmera lenta. “Mas não há competições envolvendo lutas entre os participantes”, explica Ângela Soci, diretora da Sociedade Brasileira de Tai Chi Chuan. Os movimentos estabelecidos são meios para conduzir o ser humano a uma integração com ele mesmo. Assim, a prática trabalha tanto o corpo quanto a mente.