saudeLOGO Created with Sketch.

Uma pisada leve para menos lesões

Corredoras que nunca se machucam aterrissam o pé no chão com mais suavidade

De um grupo de 249 mulheres que corriam ao menos 32 quilômetros por semana, 21 não manifestaram sequer uma contusão ao longo da vida. Qual o segredo delas? Segundo estudo da americana Universidade Harvard, que calculou o impacto da pisada de cada uma com aparelhos de última geração, a resposta é delicadeza na hora de pôr a sola do tênis no chão. “Em geral, os praticantes que se lesionam mais têm uma passada muito alongada. Isso dificulta uma aterrissagem leve”, ensina o educador físico César Augusto Oliveira, da assessoria esportiva Marcos Paulo Reis, na capital paulista.

Leia também: Exercícios podem proteger contra 13 tipos de câncer

Dá pra mudar a passada?

Sim. O mais adequado é buscar auxílio profissional para fazer os ajustes, mas há macetes. O primeiro é se certificar de que o pé toque o solo quando ficar abaixo do tronco. Outro é ouvir o barulho de cada pisada. Estrondos (ou dor) indicam sobrecarga exagerada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s