saudeLOGO Created with Sketch.

O baralho que facilita a hospitalização infantil

Disponível para compra na internet, jogo criado por psicóloga ameniza as dificuldades das crianças durante uma internação

Se ficar internado não é das experiências mais agradáveis para os adultos, imagine para os pequenos. “Eles ficam longe da família e da escola e nem sempre são bem informados sobre o tratamento, fatores que geram estresse e ansiedade”, resume a psicóloga Camilla Volpato Broering, professora da Universidade do Vale do Itajaí, em Santa Catarina.

Para aliviar a situação, ela e a aluna Olívia Entrebato Kruger criaram o Baralho Infantil da Hospitalização: Pensamentos Diferentes para Situações Difíceis. O jogo é composto de 49 cartas de diversas categorias.

A ideia é que a criança as use para mostrar ao psicólogo como se sente diante de momentos comuns a uma internação. Assim, o profissional pode achar a melhor maneira de apoiar o paciente nesse período.

Outros recursos para tranquilizar as crianças

Contação de histórias: não há jeito melhor de mexer com a imaginação da garotada do que ter alguém lendo para elas.

Realidade virtual: com a ajuda de um headset (uma espécie de óculos), elas têm acesso ao mundo exterior sem sair do hospital.

Pet terapia: alguns hospitais já permitem a entrada de bichos para acelerar a recuperação dos pequenos.

Videogame e DVD: o que agrada aos menores nem sempre atrai os adolescentes. Em geral, eles preferem ver séries e jogar.

Super-heróis na área: receber a visita desses personagens deixa o ambiente hospitalar mais leve e acolhedor.