saudeLOGO Created with Sketch.

Checkup antes de malhar é questão de bom senso

Especialista defende a necessidade da avaliação médica antes de se começar a prática de exercícios físicos

Embora não seja mais legalmente obrigatório apresentar atestado para se matricular em uma academia, é muito importante procurar um médico antes de começar o treino, contratar um personal trainer ou praticar atividade física por conta própria. Só com a avaliação desse profissional de saúde se pode estabelecer com absoluta segurança se o indivíduo está apto, do ponto de vista cardiovascular e de outras condições de saúde, a fazer esforço, bem como dimensionar a carga de exercícios adequada.

Iniciar atividades físicas depois de um período de sedentarismo implica riscos reais para qualquer pessoa, e eles são proporcionalmente maiores à medida que a idade avança e na presença de um histórico de problemas de saúde. O mesmo alerta vale para os chamados atletas de fim de semana.

A realização de um checkup e a orientação médica prévia permitem diagnosticar com precisão o estado físico e nortear cuidados para se usufruir com segurança e alegria de todos os benefícios reconhecidamente proporcionados da prática regular de exercícios.

Por isso, a nossa recomendação é procurar seu médico de confiança ou um profissional com experiência em medicina do esporte antes de fazer a matrícula ou sair correndo por aí.

Veja também

Romper com o sedentarismo é um dos principais fatores preventivos contra as doenças cardiovasculares. A atividade física contribui para o combate ao colesterol, ao diabetes, à hipertensão, ao excesso de peso e ao estresse, condições que ameaçam o coração. Além disso, a prática de qualquer exercício ou modalidade esportiva melhora a disposição e ajuda a regular o sono e a alimentação, acarretando muitos ganhos à qualidade de vida.

No entanto, para que tudo isso se concretize e o resultado saia como esperado, é fundamental consultar o médico antes para saber inclusive se não existem impedimentos ou riscos à saúde. Essa recomendação não vale apenas para os peladeiros do futebol, mas para todos que pretendem iniciar uma rotina de exercícios.

* Dr. Daniel Jogaib Daher é cardiologista e médico do esporte e membro da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s