Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Oferta de comida pelo metrô deixa a desejar

A falta de opções saudáveis nas estações pode levar a escolhas bem inadequadas

Por Goretti Tenorio 21 jan 2022, 14h22

Nutricionista e usuária do metrô, Jessica Vaz Franco, doutoranda da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), conduziu uma pesquisa para investigar 66 pontos comerciais em 19 estações na capital paulista.

Os achados preocupam: é grande a disponibilidade de bebidas e alimentos ultraprocessados de baixo custo e são poucas as opções mais naturais — neste caso, foram considerados itens como água mineral e frutas frescas ou em forma de suco.

“A dinâmica de um ambiente alimentar por onde circulam milhares de pessoas todos os dias pode afetar a saúde da população”, atesta Jessica.

“Nosso intuito com esse estudo é motivar um diálogo entre o setor de saúde e o de transportes para que se criem políticas públicas capazes de promover melhoras nos alimentos oferecidos nesses espaços”, conclui a nutricionista.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Alguns dados:

  • 100% das estações do metrô vendiam refrigerantes
  • 53% dos pontos comerciais ofertavam bombom e chocolate em barra
  • 10% das lanchonetes de apenas duas estações tinham frutas

Que tal levar de casa?

Dicas de lanches saudáveis para fugir das tentações

Frutas
É grande a variedade e são muitos seus predicados nutricionais, como a gama de minerais e vitaminas. A banana, por exemplo, ainda tem a praticidade a seu favor.

Castanhas
As oleaginosas são fonte de gorduras saudáveis e de um mix de substâncias com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Sanduíches leves
Uma boa combinação é montar com pão integral, para garantir fibras, e queijo branco, que, além do cálcio, tem menos gordura saturada e sódio.

Sementes
Versáteis, itens como semente de girassol ou de abóbora contribuem com a cota de proteínas. Torradas, são excelentes alternativas de petiscos mais saudáveis.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Acesso imediato ao app da Veja Saúde, com as edições digitais, para celular e tablet.

a partir de R$ 9,90/mês