saudeLOGO Created with Sketch.

O livro que ensina a tomar decisões conscientes no supermercado

Livro "Pare de Comer Mxxxx" critica a indústria alimentícia e ensina a ler rótulos, entre outras coisas. Veja no que ficar atento

Quando vai ao supermercado, Daniel Bianchi, professor de direito alimentar da Universidade Sorbonne, na França, analisa os produtos com um olhar hipercrítico. “Eu fiquei cansado de ver como a indústria manipula as informações e faz troça do consumidor pouco informado”, diz ele, que passou um ano no Brasil dando aulas no Instituto de Estudos Brasil Europa, da Universidade de São Paulo. “Decidi, então, oferecer à população as ferramentas básicas para ler os rótulos e desmascarar os enganadores”, explica.

O resultado é o livro Pare de Comer M**** (clique aqui para comprar), um ousado guia para empoderar o consumidor e ajudá-lo a tomar decisões no supermercado. “Cada compra é, de alguma forma, um voto”, define Bianchi. Na obra, ele nos instrui a fazer isso com consciência e senso crítico.

O que o professor Bianchi recomenda observar nos rótulos

Número de ingredientes: quanto mais longa a lista, maior a chance de ser um item processado demais, o que não é legal para a saúde.

Imagens e termos nas embalagens: há itens com lindas fotos de frutas, mas sem elas na receita. Ou ditos artesanais e cheios de conservantes.

Nomes estranhos: se você nunca ouviu falar em um ingrediente da lista, Bianchi diz que provavelmente se trata de um elemento que não agrega ao organismo.

Dados óbvios: Bianchi acha inaceitável explicações como “maionese preparada com ovo”, uma vez que tal receita sempre leva esse ingrediente.

A ordem da lista: os ingredientes surgem em ordem decrescente. Desconfie se os primeiros lugares forem ocupados por açúcar, sódio, aromatizantes…

Prazo de validade: garante a segurança no consumo e dá pistas sobre a qualidade do produto. Se demorar demais a vencer, sinal de ultraprocessamento.

Pare de Comer M****

Autor: Daniel Bianchi
Editora: Matrix
Páginas: 88