Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como surge a remela?

Acompanhe em detalhes a formação daquela meleca amarela que aparece no canto dos olhos após uma noite de sono

Por André Biernath Atualizado em 15 set 2017, 10h30 - Publicado em 2 set 2016, 12h13

Ao acordar, é comum que você perceba uma massinha esbranquiçada ou amarelada perto dos cílios. Essa é a remela (ou ramela, os dois termos estão corretos). No vídeo abaixo, explicamos direitinho o que acontece nos olhos durante a noite de sono e como a meleca é produzida:

Você sabia?

  • Nós fabricamos diariamente cerca de 1,1 grama de lágrima
  • Nossos olhos piscam 28 mil vezes em 24 horas
  • Chorar pra quê?

    A lágrima muda de acordo com a situação

    Basal: feita de muco, água e gordura, é a mais comum. Permite que os globos oculares estejam sempre lubrificados e livres de ameaças

    Reflexiva: brota nos olhos quando algo causa irritação. Pode ser uma farpa, o vapor da cebola… Daí muita água é utilizada para expulsar o motivo do incômodo.

    Emocional: raiva, felicidade, for ou aflição podem desencadear o choro. Essas lágrimas liberam substâncias analgésicas, que ajudam a acalmar.

    Continua após a publicidade
    Publicidade