Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Um jogo para os funcionários de empresas se exercitarem

Startup utiliza gamificação para estimular atividade física nos empregados — tem até prêmio no final da competição

Por Diogo Sponchiato - Atualizado em 25 ago 2020, 17h08 - Publicado em 25 ago 2020, 11h10

Vencer o sedentarismo passa hoje até pelo ambiente de trabalho. Esse é o objetivo da VIK, que desenvolveu um programa virtual de competições e desafios para instigar funcionários de uma empresa a aderir a uma rotina de exercícios de forma voluntária.

Uma vez contratada pelo RH da companhia, a startup oferece uma plataforma com questionário para avaliação (e pontuação) individual da saúde, academia online com aulas, conteúdos e acompanhamento profissional a distância. “A gente organiza os colaboradores em equipes e dá prêmios aos vencedores”, explica Pedro Reis, sócio-fundador da VIK.

A gamificação envolve ranking dos times, desafios por rodada, mudança de série B para série A de acordo com as conquistas… “Com a pandemia, criamos um programa de 30 dias com mais cara de gincana e ensinamos as pessoas a treinar em casa”, conta Reis.

Continua após a publicidade
Publicidade