Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Se pegou muito pesado, invista no carboidrato

Fontes desse nutriente ajudam a restabelecer o sistema imune, o que afastaria vírus e bactérias oportunistas

Por Theo Ruprecht - Atualizado em 2 jul 2018, 13h50 - Publicado em 23 jun 2017, 09h30

Esforços físicos vigorosos provocam um desbalanço provisório no funcionamento das nossas células de defesa – a prova disso é que atletas apresentam mais infecções respiratórias do que amadores. Como fechar essa porta de entrada para micro-organismos nocivos?

Após chafurdar em vários estudos sobre o tema, o fisiologista Oliver Neubauer, da Universidade de Tecnologia de Queensland, na Austrália, aposta no consumo de alimentos ricos em carboidrato durante e logo após a sessão de correria. “Esse nutriente estabiliza a glicemia. Isso, por sua vez, estressaria menos o sistema imunológico”, argumenta. De 30 a 60 gramas da substância a cada hora de suor dão conta do recado.

Isotônicos e companhia

Essas bebidas esportivas, assim como o gel de carboidrato, são opções para práticas mais longas e estafantes. Entretanto, o ideal é ingeri-las após consultar um profissional. Até porque, muitas vezes, uma banana já oferecerá todo o carboidrato de que você precisa para preservar a integridade do organismo.

Publicidade