Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

Com a Palavra

Por Blog
Neste espaço exclusivo, especialistas, professores e ativistas dão sua visão sobre questões cruciais no universo da saúde
Continua após publicidade

Campanha trata da importância dos cuidados com o coração das brasileiras

Principais vítimas de doenças cardíacas, elas demandas cuidados personalizados

Por Maria de Fatima Mendes de Lima, representante da Fundación MAPFRE no Brasil*
9 nov 2022, 09h59

Silenciosas e fatais: assim são as doenças cardiovasculares, que tiraram a vida de mais de 230 mil pessoas no Brasil em 2021. É essencial falarmos sobre o tema, especialmente entre as mulheres, afinal, elas são as principais vítimas. Por isso, devem ter cuidados específicos.

A menopausa, a diminuição do estrogênio e o diabetes gestacional são exemplos de condições que podem aumentar os riscos de prevalência e mortalidade por doenças cardiovasculares no público feminino.

Nós, da Fundación MAPFRE, montamos uma campanha presencial na cidade de São Paulo para levar esse conhecimento a mais mulheres. As atividades serão estruturadas pensando em quatro hábitos essenciais para ter a saúde em dia: esporte e movimento; alimentação balanceada; controle de estresse e sono de qualidade.

+ Leia também: Dormir bem entra na lista das oito medidas para um coração saudável

O nosso foco é mostrar que a mudança é gradual e consciente, sem a necessidade de ir de zero a cem em poucos dias.

Estamos propondo uma abordagem honesta, segura, com embasamento técnico e possível para mulheres de todas as idades.

Continua após a publicidade

Alimentação em destaque

Dentre os hábitos saudáveis sugeridos, a alimentação toma grande importância, como mostra um levantamento feito pela Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) em parceria com a nossa fundação.

A pesquisa “Saúde Cardiovascular da Mulher Brasileira” mostrou que quase 60% das mulheres entrevistadas não consomem frutas, legumes e verduras diariamente, sendo que a ingestão diária desses alimentos reduz em 30% o risco de infarto.

Em outra pesquisa, conduzida por cientistas da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, por exemplo, foi concluído que pessoas que seguem uma dieta com consumo elevado de alimentos inflamatórios apresentaram um risco 46% maior de ter problemas no coração, como infarto. Entre esses alimentos estão itens ricos em açúcar, sódio e gorduras saturadas.

Compartilhe essa matéria via:

Precisamos repercutir dados assim, até para evidenciar como pequenos ajustes no dia a dia já fazem a diferença na proteção da saúde cardiovascular.

Continua após a publicidade

Para repassar informações desse tipo, a campanha Mulheres pelo Coração contará, até o dia 11 de novembro, com estandes de orientação profissional gratuita e entrega de kits em cinco metrôs da capital paulista: Paulista, Oscar Freire, Pinheiros, Vila Sônia e Santo Amaro.

No dia 12 acontece a Virada Pelo Coração, a partir das 10h30, nos Parques do Carmo e Villa Lobos (SP), com caminhadas guiadas, aulas de yoga e distribuição de kits.

* Maria de Fatima Mendes de Lima é Representante da Fundación MAPFRE no Brasil

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.