Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 5,90/mês

Qual a diferença entre sabonete antisséptico, antibacteriano e comum?

Bateu a dúvida na hora de escolher entre os diferentes tipos de sabonete? Veja tudo o que você precisa saber sobre eles

Por Abril Branded Content - Atualizado em 18 ago 2020, 10h45 - Publicado em 15 jul 2020, 10h20

A pandemia do novo coronavírus trouxe à tona a importância de um hábito há décadas conhecido, mas nem sempre praticado: lavar as mãos. Com o crescimento exponencial do número de casos de Covid-19 no mundo todo e a fácil disseminação do Sars-CoV-2 (o vírus responsável pela atual pandemia), água e sabão entraram na lista de importantes aliados na redução do contágio.

Mas essa não é a única enfermidade que a higienização das mãos, ajuda a conter. De diarreias a conjuntivite, a lista de doenças infectocontagiosas é grande e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a disseminação de todas elas poderiam diminuir em até 40% com o simples hábito de lavar as mãos. E não é só. De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), cerca de 5 000 crianças morrem anualmente de problemas relacionados à diarreia, e 50% desses óbitos poderiam ser evitados se meninos e meninas tivessem acesso e usassem água e sabão com mais frequência.

Na hora de escolher o melhor sabonete para se livrar de micróbios indesejáveis, no entanto, a dúvida é inevitável: sabonete antisséptico, antibacteriano ou neutro? O primeiro passo é conhecer os tipos de sabonete e entender como esses amigos da saúde trabalham em prol do nosso organismo.

O sabonete – seja ele líquido ou em barra – tem uma estrutura híbrida, com moléculas hidrofílicas e hidrofóbicas. As primeiras são aquelas que possuem afinidade com a água (do grego, hidro = água e philos = amigo) e são solúveis nela. Já as moléculas hidrofóbicas (do grego, hidro = água e phobos = medo) têm aversão à água, ou seja, não são solúveis. E o que isso quer dizer na prática? Que uma parte dessas moléculas fisga a gordura e a poeira presentes na nossa pele, enquanto a outra parte adere à água e ajuda a levar toda essa sujeira embora.

Sabonete comum x antibacteriano

E aí vem a primeira diferença entre eles. Enquanto o sabonete comum apenas remove os micróbios presentes nas nossas mãos, o antibacteriano mata vírus e bactérias. Por sua ação mais específica, é indicado para quem está muito exposto a esses patógenos e também para tratar de feridas e machucados. Muitas vezes, o sabonete antibacteriano (também conhecido como bactericida) é indicado por dermatologistas para controlar infecções e irritações. Mas, nesses casos, a visita ao médico é indispensável – só ele pode dizer se o produto é mesmo indicado e qual a melhor opção.

Continua após a publicidade

O sabonete antibacteriano também pode ser encontrado como sabonete antisséptico, um termo mais amplo para se referir à propriedade de eliminar microrganismos presentes na superfície da pele. Nas duas versões, o produto costuma trazer nas composições mais agentes bactericidas que os sabonetes comuns – uma diferença importante, já que aumenta a proteção.

Na hora de escolher o sabonete líquido antibacteriano, vale procurar por marcas confiáveis e que ofereçam altos índices de eliminação de bactérias. As versões em barra não estão descartadas, mas considere que elas são de uso pessoal. Em locais com maior circulação de pessoas (como o lavabo de casa, por exemplo), os líquidos são mais indicados, já que não acumulam água nem sujeira.

Seja qual for o seu eleito, o importante mesmo é lavar as mãos corretamente. Fazer espuma na palma das mãos, espalhá-la até os punhos e também nas costas das mãos, higienizar bem um dedo de cada vez (sem esquecer as unhas!), em um processo que deve durar pelo menos 20 segundos, são passos fundamentais para garantir a eliminação de vírus e bactérias. Incluir o sabonete antibacteriano na rotina de higiene e repetir a lavagem sempre que for ao banheiro e antes das refeições são hábitos que ajudam a garantir mais saúde e menor risco de contaminações. E já está mais do que na hora de adotá-los de vez.

Saiba mais em Segredos da pele.

Conteúdo produzido por UNILEVER

Continua após a publicidade
Publicidade