saudeLOGO Created with Sketch.

Pesquisa aponta que gengibre ajuda no tratamento de asma

Substâncias presentes na raiz melhoram a ação de medicamento que dilata os brônquios e combate a asma

Pesquisadores ainda não sabem explicar por que o gengibre tem a propriedade de ajudar no tratamento
Foto: Getty Images

O gengibre pode oferecer muito mais do que um gostinho apimentado às refeições. Estudiosos da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, mostraram que mesclar três substâncias do alimento ao isoproterenol – uma medicação broncodilatadora – tem um efeito mais expressivo nas vias aéreas do que aquele alcançado com a droga isolada. “Essa relação entre o gengibre e a asma parece inédita. Logo, é difícil explicar por que seus componentes potencializaram a ação do remédio”, reflete a pneumologista Márcia Oliveira, do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo. “Uma hipótese plausível é que as substâncias do tempero reduziriam a inflamação, processo que estimula a contração dos brônquios e prejudica a respiração”, arrisca a médica. Vale ressaltar que a análise foi realizada em células dentro do laboratório. “Portanto, é cedo para fazer recomendações de consumo para essa finalidade”, avisa Márcia. Por ora, use o gengibre com frequência e, claro, moderação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s