saudeLOGO Created with Sketch.

O jeito certo de congelar

Recipientes e saquinhos de plástico bem vedados são a melhor pedida para levar frutas, legumes e carnes ao freezer. Veja quais são os cuidados para garantir uma conservação mais segura

Monte porções pequenas e individuais

Uma vez que o alimento foi descongelado, ele está proibido de retornar ao freezer. Para evitar o desperdício, escolha sempre potes plásticos pequenos e congele a comida em quantidades reduzidas. Isso vale, inclusive, para a carne. Se você não pretende utilizar tudo que comprou de uma vez, separe-a em pedaços menores e descongele apenas o necessário.

Feche bem a embalagem

Na hora de abastecer o freezer, tente retirar o máximo de ar do recipiente. O ideal seria congelar qualquer produto a vácuo. Até existem à venda em lojas especializadas máquinas que sugam os gases das embalagens, mas elas custam uma pequena fortuna. A saída mais econômica é usar recipientes menores e certificar-se de que a vedação está ok. Quanto menos oxigênio entrar em contato com o congelado, mais tempo ele durará na câmara fria.

De olho na data de validade

Mesmo congelados, não consuma os produtos depois do prazo de segurança. Para itens caseiros, use etiquetas que informem o conteúdo da embalagem e a data em que ele foi ao freezer. Não coma nada que permaneça no eletrodoméstido por mais de três meses. Pode ser uma fria.

O descongelamento

Nunca deixe um alimento recém-tirado do freezer derretendo na pia. O ideal é migrá-lo para a geladeira para evitar que a mudança abrupta de temperatura seja capaz de modificá-lo ou até estragá-lo. Se você tem pressa, está liberado para empregar o forno e o micro-ondas. Só não se esqueça de transportar o conteúdo do pote plástico para uma vasilha de vidro antes do aquecimento.