Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Coca, Ambev e Pepsi vão parar de vender refrigerantes nas escolas

O acordo foi feito para combater a obesidade infantil

Por Thiago Nepomuceno Atualizado em 28 out 2016, 08h03 - Publicado em 22 jun 2016, 14h51

A Coca-Cola, a PepsiCo e a Ambev (detentora da marca Guaraná Antarctica) anunciaram nesta quarta-feira, dia 22,  que deixarão de comercializar refrigerantes para escolas com alunos de até 12 anos de idade (ou com maioria de estudantes nessa faixa etária). Segundo as próprias empresas, a medida visa frear a obesidade infantil.

As vendas serão suspensas em agosto. “No momento do recreio, os alunos têm acesso às cantinas escolares sem a orientação e a companhia de pais e responsáveis, e crianças abaixo de 12 anos ainda não têm maturidade suficiente para tomar decisões de consumo”, afirmam as companhias, por meio de um comunicado. No lugar dos refrigerantes, elas pretendem oferecer água mineral, suco com 100% de fruta, água de coco e bebidas lácteas que atendam a critérios nutricionais específicos. 

Segundo a nota divulgada sobre o assunto, a atitude foi baseada em conversas com especialistas em saúde pública, alimentação e nutrição, além de profissionais e instituições ligadas aos direitos das crianças. A proposta valerá para as cantinas que compram diretamente das fabricantes e de seus distribuidores.

Só não podemos nos esquecer que, mesmo depois dos 12 anos de idade, o consumo exagerado de refrigerantes segue como uma grande preocupação — tanto dentro quanto fora da escola. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação confiável salva vidas. Assine Veja Saúde e continue lendo.

Impressa + Digital

Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Receba mensalmente Veja Saúde impressa mais acesso imediato às edições digitais no App, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao site da Veja Saúde, diariamente atualizado.

Blogs de médicos e especialistas.

Acesso imediato ao app da Veja Saúde, com as edições digitais, para celular e tablet.

a partir de R$ 9,90/mês