saudeLOGO Created with Sketch.

Cientistas erraram na conta das bactérias da flora intestinal

Número de micróbios que vivem pacificamente dentro do nosso corpo é bem menor do que o imaginado, segundo nova projeção matemática

Nós carregamos dez vezes mais bactérias do que células. Essa frase, repetida à exaustão desde os anos 1970, foi colocada à prova por profissionais do Instituto de Ciência Weizmann, em Israel, e do Hospital para Crianças Doentes, no Canadá. Eles fizeram uma recontagem e viram que os dados antigos estão exagerados. O novo cálculo revela que hospedamos 30 trilhões de células e 39 trilhões de micro-organismos — a proporção é quase de um para um. “Estabelecer valores corretos permite uma compreensão mais ampla do corpo e da saúde”, justifica o endocrinologista Shai Fuchs, um dos experts que revisaram as estatísticas. Para chegar à informação certa, ele e sua equipe se debruçaram sobre outros levantamentos já publicados e modelos matemáticos que permitiram firmar estimativas mais realistas. “Foi interessante notar ainda que 99% das bactérias vivem no intestino e quase 90% de nossas células estão no sangue”, completa.

William Mur (/)

Leia mais: A incrível conexão cérebro-intestino

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s