Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Apae cria programa para idosos com necessidades especiais

Envelhecimento de pessoas com deficiências intelectuais é foco de projeto paulista

Por André Biernath Atualizado em 27 out 2016, 20h57 - Publicado em 11 set 2016, 09h00

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de São Paulo criou um programa de atendimento a indivíduos mais velhos com alguma desordem mental. Os avanços na medicina permitiram aumentar a expectativa de vida desse grupo, só que ele costuma sofrer mais cedo com problemas típicos da idade, caso de demência, diabete e hipertensão.

O trabalho envolve consultas médicas e oficinas socioeducativas, com esportes, artes e informática

Leila Castro, educadora física e supervisora da entidade

Todos os sujeitos acompanhados vêm mostrando melhoras na locomoção, no comportamento e na comunicação — feito que deu à Apae o troféu de Instituição do Ano do Prêmio SAÚDE 2015.

A família ganha por tabela

Os cuidadores também se beneficiaram da iniciativa da Apae. De acordo com um levantamento realizado pela instituição, após a inclusão no projeto, 45% dos parentes passaram a pensar mais no próprio bem-estar e 28% fizeram mudanças na rotina para garantir um tempinho ao lazer. Ponto positivo para a saúde.

Continua após a publicidade
Publicidade