Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Anvisa quer diminuir o sal do pão francês

Guia de Boas Práticas Nutricionais orienta no preparo do pãozinho

Por Redação M de Mulher Atualizado em 27 out 2016, 19h22 - Publicado em 29 fev 2012, 22h00
Anvisa quer diminuir o sal do pão francês

Pão francês da padaria O Padeiro de Sevilha, em Santa Catarina
Foto: Ligia Skowronski/VEJA


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, lança em 2012 um documento chamado Guia de Boas Práticas Nutricionais. O objetivo é orientar o preparo do aclamado pão francês, um dos itens que mais contribuem para o consumo de sódio entre os brasileiros.

Encontrado no sal de cozinha, o mineral faz a pressão arterial disparar quando ingerido em excesso e, assim, deixa a saúde do coração na corda bamba. “Até 2014 pretendemos diminuir em 10% a quantidade de sódio no pão”, conta Denise Resende, gerente de alimentos da Anvisa.

Atualmente, o pãozinho leva 320 mg de sódio por unidade. A meta da agência é diminuir este índice para 204 mg.

Os focos dos próximos guias ainda não foram definidos. “Também serão abordados ingredientes como açúcar, além das gorduras saturada e trans“, adianta Denise.

Outras fontes de sódio no prato são macarrão instantâneo, sopas prontas, salgadinhos, bolachas, embutidos e enlatados. Para diminuir a quantidade de sal no seu dia a dia, prefira sempre temperos naturais, como alho e cebola. Sempre que possível, opte por alimentos frescos e evite exageros na hora de temperar.

Continua após a publicidade
Publicidade