Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Ultraprocessados seriam tão viciantes quanto o cigarro?

Cientistas chamam a atenção para a compulsão por alimentos cheios de açúcar e gordura

Por Ingrid Luisa
22 fev 2024, 14h40

Você já tentou comer só uma bolacha recheada ou uma batatinha do pacote? Não é uma tarefa fácil, e a culpa não é sua. Uma análise de 281 estudos feitos em 36 países, publicada no British Medical Journal, descobriu que alimentos ultraprocessados como esses podem ser tão viciantes quanto o cigarro — gerando, inclusive, sintomas de abstinência.

Assim, a única maneira eficiente de lidar com essa fixação e suas consequências à saúde é reduzindo a oferta e a ingestão desses produtos.

“Rever a tributação, ter uma rotulagem clara, regular o marketing e adotar ações para ampliar o acesso a alimentos in natura e minimamente processados são formas de reduzir o alto consumo dos ultraprocessados hoje”, diz a nutricionista Ana Paula Bortoletto, da Universidade de São Paulo (USP).

+Leia Também: A relação entre os alimentos ultraprocessados e o câncer

Por que sempre se quer mais?

Os ultraprocessados são ricos em dois nutrientes: açúcares (carboidratos) e gordura saturada.

Sabe qual alimento natural carrega ambos os componentes em largas quantidades? Nenhum.

Pense em fontes naturais de carboidrato, como arroz e batata: eles quase não têm gorduras. Agora, fontes de lipídios, como abacate ou nozes: quase nada de carboidrato.

Continua após a publicidade

Especialistas acreditam que unir esses macronutrientes, e ainda colocar aditivos que intensificam aroma, sabor e textura, está por trás dos abusos.

alimentacao-ultraprocessados-dados-vicio
(Quadros: Editoria de arte/Veja Saúde/SAÚDE é Vital)
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.