Clique e assine com até 72% de desconto

Compra de suplementos sobe na pandemia

As vitaminas C e D estão entre as mais buscadas nas farmácias. Mas vale ter orientação profissional

Por Thaís Manarini 17 jul 2020, 17h06

Um estudo encomendado pelos conselhos de Farmácia à consultoria IQVIA revela que, comparando o primeiro trimestre de 2019 com o mesmo período em 2020, houve um acréscimo de 35,5% nas vendas de vitamina D e de 180% nas de vitamina C. Suspeita-se que a pandemia de coronavírus tenha inflado os números.

“As duas vitaminas são importantes para a manutenção do sistema imunológico”, interpreta a nutricionista Maísa Antunes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mas a pesquisadora pondera: nossas defesas já funcionam a 100% se estivermos saudáveis. “Os suplementos não incrementam esse valor”, frisa.

Assim, suplementos só deveriam ser recrutados caso se comprove a deficiência por meio de exames. “E na dose certa para suprir a carência”, observa Maísa. Quem faz a ingestão por conta própria corre o risco de abusar e sofrer efeitos indesejáveis.

  • Apelo à imunidade

    Muitas marcas estão vendendo produtos com a alegação de que turbinam nossas defesas naturais — tem suplemento para shot, leite, suco… “São propagandas enganosas”, critica Maísa.

    De acordo com a nutricionista, caso o indivíduo enfrente algum problema que realmente comprometa o sistema imunológico, é preciso tratar esse quadro específico. E a saída não estará em um shot ou coisas do tipo.

    Continua após a publicidade

     

    Fotos: Dercílio (brócolis e couve), Alex Silva (cogumelos, leite e salmão), Deborah Maxx (agrião), Fabio Castelo (limão), Fabio Heizenreder (caju), Marcelo Zocchio (goiaba), Sheila Oliveira (pimentão)/SAÚDE é Vital

    O sol continua rei

    Para não faltar vitamina D, a exposição solar é medida-chave:

    Só um pouquinho
    Reserve uns 20 minutos ao dia para tomar sol. Pode aproveitar os raios da manhã, embora o ideal seja entre 10 e 15 horas.

    Corpo descoberto
    O certo é que o sol incida direto na pele. Mas não precisa ser no corpo inteiro. Dá pra intercalar braços e pernas.

    Janela aberta
    Para os raios cumprirem sua função, vidros também não devem ficar no meio do caminho. Deixe o sol entrar sem barreiras.

    Continua após a publicidade
    Publicidade