saudeLOGO Created with Sketch.

Compare pêssego e damasco frescos

Confira os nutrientes de cada uma dessas frutas e faça a escolha mais saudável para você!

Eles são daqueles primos parecidos — por fora e por dentro. Enquanto o damasco fresco veste casca mais alaranjada, o pêssego desfila entre o amarelo e o vermelho quando maduro.

Embora sejam parelhos do ponto de vista nutricional, a nutricionista Renata Guirau, do Oba Hortifruti, em Campinas (SP), aponta algumas diferenças: o damasco ostenta maior teor de betacaroteno, substância precursora da vitamina A no organismo, e de potássio, mineral que trabalha em prol das artérias e do coração. Se o damasco se gaba de algumas vantagens de conteúdo, tem um ponto em que o pêssego é imbatível: ele é mais fácil de achar e mais barato que o parente.

Para ambos, cabe um conselho na hora da compra. “Sempre observe a consistência da fruta. A casca deve estar íntegra, sem vazamento de líquidos ou presença de fungos”, diz Renata. Antes de comer, capriche na higiene. “Como a casca é consumida, lave em água corrente e deixe de molho em solução de água e hipoclorito de sódio”, orienta a nutri.

Confira agora uma comparação, nutriente por nutriente:

Energia

Pêssego: 43 cal
Damasco: 48 cal

Fibras

Damasco: 1,8 g
Pêssego: 1,8 g

Carboidratos

Pêssego: 11 g
Damasco: 11 g

Vitamina A

Damasco: 261 RE
Pêssego: 53,5 RE

Vitamina C

Damasco: 10 mg
Pêssego: 6,6 mg

Vitamina K

Damasco: 296 mg
Pêssego: 197 mg

(Os valores se referem a 100 gramas do alimento)

Placar SAÚDE

Damasco: 5
Pêssego: 3

Fonte: Tabela de Composição de Alimentos, de Sonia Tucunduva Philippi (Manole)