Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Compare mamão papaia e mamão formosa

As duas variedades fazem sucesso entre os brasileiros. Mas será que uma reúne mais nutrientes do que a outra?

Por Thaís Manarini - Atualizado em 6 dez 2017, 10h56 - Publicado em 16 nov 2017, 10h05

Você fica intrigado na hora de escolher o mamão, perguntando-se qual o melhor tipo para a saúde? Pois deixe o sabor falar mais alto. “O valor nutricional de ambos é parecido”, garante a nutricionista Renata Guirau, do Oba Hortifruti, em São Paulo.

Ela só lembra que o formosa, por ser maior, corre o risco de estragar na geladeira. “Por isso, o papaia pode ser uma boa escolha para quem mora sozinho ou não irá dividir a fruta”, indica. Outra saída é comprar o formosa já partido. “Se perceber que irá perder a fruta, congele a polpa e use em vitaminas e sucos”, sugere Renata.

Vale lembrar que uma característica célebre do alimento é botar o intestino para funcionar. “Além das fibras, o mamão tem papaína, que ajuda a aliviar a prisão de ventre”, explica a nutricionista. O combo está nas duas versões. Já o licopeno, substância antioxidante ligada à prevenção de doenças do envelhecimento, marca mais presença no papaia. Mas, de novo, nada que justifique virar a cara para o formosa. Olha só:

Energia

Continua após a publicidade

Papaia: 40 cal

Formosa: 45 cal

Potássio

Formosa: 222 mg

Continua após a publicidade

Papaia: 126 mg

Fibras

Formosa: 1,8 g

Papaia: 1 g

Continua após a publicidade

Vitamina C

Papaia: 82,2 mg

Formosa: 78,5 mg

Carboidratos

Continua após a publicidade

Papaia: 10,4 g

Formosa: 11,6 g

Magnésio

Papaia: 22 mg

Continua após a publicidade

Formosa: 17 mg

Placar SAÚDE

Papaia 4 x 2 Formosa

(Os valores se referem a 100 gramas do alimento)

Continua após a publicidade

Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (Taco/Unicamp)

Publicidade