saudeLOGO Created with Sketch.

Combine arroz com feijão

Um dos maiores símbolos da comida brasileira, esse combo oferece uma proteína de altíssima qualidade, capaz de afastar o diabete e a obesidade

Seduzidos pelo sabor, os brasileiros fazem há tempos uma mistura que, do ponto de vista nutricional, é perfeita. “Os aminoácidos que estão no arroz são os que faltam no feijão e vice-versa”, aponta a nutricionista Ana Beatriz Barrella, da RG Nutri.

A junção dessas moléculas, só para esclarecer, culmina em uma proteína completa. Outra vantagem de mesclar esses alimentos é que, por causa das fibras esbanjadas pelo feijão, o carboidrato ofertado pelo arroz não faz o açúcar disparar no sangue.

Veja também

E evitar picos glicêmicos é importante para não ter uma enxurrada de insulina na circulação – além de esse processo elevar o risco de diabete, favorece o acúmulo de gordura na barriga. “Dentro de uma dieta variada e equilibrada, o arroz com feijão pode ser consumido no almoço e também no jantar”, avisa Ana.

A porção certa

A nutricionista da RG Nutri afirma que, para conseguir a compensação de aminoácidos, o conselho é trabalhar com a proporção de três para um. Ou seja, três porções de arroz para uma de feijão. Quem vai em cima de quem, aí fica a seu critério.