Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Combine couve-flor com brócolis

Além de trazer mais sabor ao prato, essa parceria ajuda a afastar o câncer

Por Thaís Manarini - Atualizado em 23 nov 2017, 11h16 - Publicado em 22 fev 2017, 09h49

O brócolis ganhou audiência nas rodas de nutricionistas por ser rico em sulforafano, molécula inimiga do câncer. Ocorre que a aclamada substância só fica livre para beneficiar o corpo na presença da mirosinase, enzima que some do vegetal principalmente quando ele é congelado.

Mas a professora de nutrição Elizabeth Jeffery, da americana Universidade de Illinois, reverteu a situação com uma medida simples: incluindo na receita alimentos da mesma família, tal qual couve-flor, rabanete e mostarda. “Mas, para garantir a mirosinase, esses vegetais precisam ser adicionados crus, após o cozimento do brócolis”, ensina. Se quiser tirar vantagem máxima do sulforafano, ele deveria aparecer no menu três ou mais vezes na semana.

 

Publicidade