saudeLOGO Created with Sketch.

Acredite: pets também podem ter alergia alimentar

Pesquisadores constatam que animais podem sofrer reações adversas a certos alimentos

Definitivamente não dá para oferecer qualquer comida a cachorros e gatos. De acordo com um estudo da Academia Europeia de Alergia e Imunologia Clínica, assim como nós, bichos também podem apresentar alergias alimentares.

Para ter ideia, o número de pets acometidos pelo problema é semelhante ao de humanos. Os principais sintomas surgem na pele, como perda de pelos, comichão, eczema e urticária. Até o sistema digestivo sofreria reveses. Todos esses sinais podem aparecer horas ou até um dia após a ingestão dos alimentos – veja os grandes causadores de reações abaixo.

“Além disso, algumas das coisas que comemos são simplesmente tóxicas para eles”, acrescenta a veterinária Isabella Pali, uma das autoras do trabalho. Então, de novo: nada de dividir todos os seus pratos e suas guloseimas com o bicho. Ele pode se dar mal.

E a intolerância?

Parece que esse é outro chabu capaz de abalar gatos e cães. No caso, os sintomas mais prevalentes seriam os gastrointestinais, como cólica, diarreia e vômito. Desconfia-se de que a lactose e o glúten armariam a encrenca. Isabella destaca, porém, que ainda é difícil entender direitinho a intolerância nos pets.

Os suspeitos de causar reações

Os alimentos que mais afetariam os bichos

  • Frango
  • Carne vermelha
  • Trigo
  • Ovo
  • Arroz
  • Leite
  • Soja