Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Afinal, o que é mesmo lactose?

Muito se fala sobre a intolerância a esse nutriente do leite, mas você sabe o que ele é e o que causa no organismo? A SAÚDE responde.

Por Redação Saúde é Vital
Atualizado em 12 jul 2017, 11h56 - Publicado em 11 jul 2016, 14h07

Falamos de um tipo de açúcar exclusivo do leite — leite produzido por qualquer mamífero, diga-se de passagem. A lactose é a responsável por aquele gostinho levemente adocicado da bebida. Quando a gente toma um copo de leite ou come um dos seus derivados, como queijo, essa molécula vira energia para abastecer nossas células.

Só que, a fim de ser devidamente aproveitada, a lactose precisa ser quebrada em outras duas partículas menores: a galactose e a glicose. Por trás desse processo está uma enzima, a lactase. Tudo isso acontece lá nas bandas do intestino.

Mas, e a tal da intolerância?

Ela aparece justamente quando o organismo não produz a lactase em quantidade suficiente para dar conta de toda a lactose ingerida. Essa carência é a chave do problema. O açúcar do leite que fica dando sopa no intestino acaba, então, fermentado por bactérias, provocando mal-estar.

Continua após a publicidade

A intolerância surge de diferentes maneiras. Um tipo mais raro do distúrbio é o congênito, ou seja, o indivíduo nasce sem a capacidade de fabricar a lactase. Aí o leite e os seus derivados nunca serão digeridos, e essa condição se arrastará pela vida toda.

Em geral, porém, a encrenca tem origem na diminuição até esperada da produção dessa enzima conforme envelhecemos. É natural que o bebê, que se alimenta exclusivamente de leite materno, conte com um abastecimento de lactase lá no alto. A partir dos 3 anos de idade, quando outros alimentos entram com tudo no cardápio, o organismo percebe a mudança de padrão. Ora, se existe menos lactose no pedaço, para que fornecer tanta lactase? A redução no suprimento é, portanto, normal, mas, para algumas pessoas, isso acontece de forma acentuada. Daí que o organismo fica despreparado para receber goles de leite e afins.

Ainda há uma terceira causa, esta indireta, de intolerância: quando infecções ou um processo inflamatório da pesada arrasam as células do intestino que geram a lactase. Se o tratamento entrar em cena a tempo, dá para reverter a situação.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.