saudeLOGO Created with Sketch.

Um programa de perda de peso para pets

E ele deu certo. O segredo está numa ração que aumenta a saciedade e em conter os pedidos de comida dos animais

A obesidade é daqueles problemas que os bichos de estimação estão herdando dos seres humanos. De olho nisso, a Royal Canin organizou um estudo com 1 325 cães e gatos de 27 países para avaliar um plano de ação contra o excesso de peso. Ao longo de três meses, o projeto envolveu indicações individualizadas de comida, rações especiais ricas em proteína e fibra para elevar a saciedade e orientação para que os donos não dessem petiscos. “O principal resultado foi que 97% dos animais perderam peso e a maioria conseguiu isso sem sentir fome”, relata Marie-Anne Hours, gerente científica da Royal Canin. O efeito vem, em grande medida, da quebra no círculo vicioso “animal pede comida, dono dá”. “O proprietário não tem a real noção de quanto alimento fornece. Por isso deve prestar muita atenção na quantidade exata de ração e evitar dar pedaços do que come ou petiscos”, diz o veterinário e pesquisador inglês Alex German.

Leia também: Quando o coração do bicho adoece

Bicho de regime
A extensão e o impacto do programa internacional
 
Cães

Número de pets – 926 cães de 82 raças

Castrados – 72%

Idade média – 6 anos

Efeito do programa – 88% perderam mais de 5% do peso inicial

Peso médio perdido – 11,4%

Leia também: 11 sinais de que seu gato pode estar doente

 

Gatos

Número de pets – 399 gatos de 14 raças

Castrados – 96%

Idade média – 6 anos

Efeito do programa – 82% perderam mais de 5% do peso inicial

Peso médio perdido – 10,5%