Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Os efeitos inusitados da quarentena, pro bem e pro mal

Do aumento da violência doméstica à queda da poluição, o Detetives da SAÚDE mostra como o isolamento social afeta a saúde e o bem-estar de diversas maneiras

Por Da Redação - Atualizado em 24 abr 2020, 16h19 - Publicado em 23 abr 2020, 07h37

O distanciamento social foi promovido na enorme maioria dos países como forma de conter o coronavírus (Sars-CoV-2). Mas seus efeitos vão muito além da prevenção da Covid-19 (e da economia). Neste episódio do podcast de Detetives da SAÚDE, vamos discutir como a pandemia pode interferir nas taxas de obesidade, sedentarismo, alimentação, alcoolismo, poluição atmosférica, atendimento a outros problemas de saúde…

Nosso convidado é o patologista Paulo Saldiva, professor da Universidade de São Paulo e especialista na interação entre meio ambiente e saúde. Ele está na linha de frente do combate à doença, fazendo autópsias para entender os efeitos do coronavírus no nosso corpo.

Durante a conversa, Saldiva destaca que até as relações de trabalho devem mudar. E isso interfere diretamente na saúde. “Antes, as pessoas iam para o serviço mesmo tossindo, espirrando. Elas tomavam um comprimido e começavam a trabalhar. Agora estamos refletindo sobre a importância de nos preservarmos ao sermos infectados”, diz.

Você pode escutar o programa em diversas plataformas. Dá para clicar ali em cima e ouvir no nosso site mesmo. Também estamos no Spotify, no Deezer, no Google Podcasts, no Pocket Casts, no Youtube… Não sabe como ouvir nesses ambientes? Clique aqui.

Continua após a publicidade

Se preferir, escute pelo Spotify diretamente por aqui:

 

Ou pelo Youtube:

 

Publicidade