Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Planos de saúde lideram ranking de reclamações do Idec

As seguradoras de saúde seguem, pelo terceiro ano consecutivo, como as principais fontes de queixas dos consumidores

Por Daniel Mello (Agência Brasil)
12 mar 2018, 18h05

Os planos de saúde fazem parte do setor que mais recebeu reclamações direcionadas ao atendimento do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Segundo o levantamento, os contatos relacionados às seguradoras da área somaram 23,4% do total em 2017. O setor fica no topo do ranking pelo terceiro ano consecutivo.

Segundo o Idec, a maior parte das reclamações dos consumidores vem sobre o reajuste abusivo dos planos, especialmente os empresariais e os coletivos. Além disso, as negativas de cobertura e falta de informações sobre certos detalhes incomodaram muitos usuários.

Se há uma boa notícia, é a de que a porcentagem de queixas em 2017 foi menor do que a dos dois anos anteriores. Em 2015, 32,7% das reclamações junto ao Idec correspondiam aos planos de saúde. O número caiu para 28,06% em 2016 e, agora, ficou na casa dos 23,4%. Ainda assim, é muita coisa!

Para além da saúde

Em segundo lugar no ranking das reclamações ficaram as queixas relativas a compra de produtos, com 17,8%. O setor ultrapassou o ramo dos serviços financeiros, que ficou em terceiro no levantamento deste ano, com 16,7%.

Os serviços de telecomunicações, incluindo telefonia móvel e fixa e TV por assinatura, ficaram como o quarto mais questionado nos contatos com o Idec. Do total, 15,8% das ligações foram motivadas pela relação com essas empresas.

Este conteúdo foi publicado originalmente na Agência Brasil.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.