saudeLOGO Created with Sketch.

Planos de saúde lideram ranking de reclamações do Idec

As seguradoras de saúde seguem, pelo terceiro ano consecutivo, como as principais fontes de queixas dos consumidores

Os planos de saúde fazem parte do setor que mais recebeu reclamações direcionadas ao atendimento do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Segundo o levantamento, os contatos relacionados às seguradoras da área somaram 23,4% do total em 2017. O setor fica no topo do ranking pelo terceiro ano consecutivo.

Segundo o Idec, a maior parte das reclamações dos consumidores vem sobre o reajuste abusivo dos planos, especialmente os empresariais e os coletivos. Além disso, as negativas de cobertura e falta de informações sobre certos detalhes incomodaram muitos usuários.

Se há uma boa notícia, é a de que a porcentagem de queixas em 2017 foi menor do que a dos dois anos anteriores. Em 2015, 32,7% das reclamações junto ao Idec correspondiam aos planos de saúde. O número caiu para 28,06% em 2016 e, agora, ficou na casa dos 23,4%. Ainda assim, é muita coisa!

Para além da saúde

Em segundo lugar no ranking das reclamações ficaram as queixas relativas a compra de produtos, com 17,8%. O setor ultrapassou o ramo dos serviços financeiros, que ficou em terceiro no levantamento deste ano, com 16,7%.

Os serviços de telecomunicações, incluindo telefonia móvel e fixa e TV por assinatura, ficaram como o quarto mais questionado nos contatos com o Idec. Do total, 15,8% das ligações foram motivadas pela relação com essas empresas.

Este conteúdo foi publicado originalmente na Agência Brasil.