Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Os deslizes na hora de lavar o rosto

Pesquisa indica que muita gente não higieniza na frequência certa nem com o produto ideal

Por Thaís Manarini 18 dez 2020, 14h31

Levantamento conduzido pela Ipsos para a marca CeraVe com 5 500 pessoas de 11 países, incluindo o Brasil, revela que menos da metade (44%) limpa o rosto duas vezes ao dia. O dado não surpreende a dermatologista Carla Bortoloto, de São Paulo. “Pouca gente tem esse costume”, diz a médica, que não participou do estudo.

Segundo ela, a limpeza deve ocorrer de manhã, para tirar resquícios de produtos usados à noite, e ao final do dia, a fim de remover filtro solar, maquiagem e demais sujidades. “Sem esse hábito, a pele pode envelhecer precocemente”, alerta. Na pesquisa, só 29% dos indivíduos foram ao dermatologista verificar seu tipo de pele. “Conhecê-lo é essencial para definir o sabonete adequado”, afirma Carla.

De cara limpa

Os pontos cruciais para a higienização da face

Frequência: O correto é lavar o rosto duas vezes ao dia, de manhã e à noite. Isso evita o envelhecimento.

Tipo de pele: Carla conta que, no Brasil, temos tipos extremos, da muito seca à superoleosa. Tem que saber o seu.

Produto: Depende da pele. Atenção: o sabonete de corpo é agressivo à face. E não é legal usar só água.

Temperatura: “Associada ao sabonete, a água quente pode ressecar a pele”, diz Carla. Vá de água fria na pia.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade