Clique e Assine VEJA SAÚDE por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Como cuidar da tatuagem: o que fazer nos primeiros dias (e depois também)

Existem tantas sugestões de métodos para cicatrização quanto estilos de tattos. Mas, afinal, o que fazer após a tatuagem?

Por João Antonio Streb
20 Maio 2024, 12h11

“Passa pomada cicatrizante, é o melhor caminho”, “adesivo cicatrizante é uma coisa nova, funciona super bem” ou “tem que fazer aplicação de vaselina para hidratar a pele”. Quem já foi a diferentes estúdios já deve ter ouvido algo parecido ou até outra sugestão sobre os melhores cuidados com a tatuagem.

Dicas de cicatrização não faltam. E, tanto nos primeiros dias quanto após anos, as opções do que fazer tão tão grandes quanto as dúvidas sobre o que, de fato, funciona.

Afinal, qual é o melhor método de cicatrização de tatuagens?

Antes de qualquer coisa, é necessário lembrar um ponto importante sobre os desenhos permanentes: as tatuagens são feitas aplicando tinta na derme (a segunda camada da nossa pele) através de pequenos furos.

Em outras palavras, uma tatuagem é formada por várias microlesões, portanto, o processo de cicatrização precisa ser compreendido como se fosse o tratamento de uma ferida aberta.

Continua após a publicidade

+Leia também: Por uma tatuagem bonita, bem definida e saudável

Por essa perspectiva, nenhuma das sugestões está totalmente equivocada, ainda que algumas não sejam suficientes sozinhas.

Pomadas cicatrizantes

O uso de pomadas cicatrizantes começa com a aplicação de celofane ou plástico filme sobre a região da tatuagem. Eles agem como barreira de proteção contra bactérias e outros organismos, e devem ser trocados poucas horas depois, junto com a limpeza da tatuagem utilizando sabão neutro.

Continua após a publicidade

No primeiro dia, as trocas de plástico devem ser feitas a cada quatro horas, juntamente com a aplicação da pomada cicatrizante indicada para o seu tipo de tatuagem. Em geral, a pomada só deve continuar sendo usada após as primeiras 24 horas se você tiver algum problema de cicatrização. Já a higienização e troca de plástico filme deve seguir por três dias.

Após esse período, a pele da região desenhada deverá ressecar e descascar levemente. A partir daí, deverá começar o processo de hidratação para manter tanto a qualidade do desenho quanto a saúde da pele. Ainda que existam opções diferentes, a vaselina funciona como hidratante nesse caso.

Adesivos cicatrizantes

A ideia desse método mais atual é o mesmo princípio de proteção adotado pela utilização do plástico filme, ainda que um pouco mais sofisticado.

Continua após a publicidade

Os adesivos devem ser hipoalergênicos, com microperfurações e transparentes. A aplicação protege as enzimas e fluidos naturais, mantendo a hidratação da pele.

No entanto, a aplicação do adesivo não facilita tanto o tratamento de cicatrização, já que os patches devem ser trocados diariamente. Não é recomendado o uso prolongado desse recurso, que não deve ultrapassar uma semana entre aplicação e retirada.

O que devemos cuidar numa tatuagem nova?

A tatuagem é um machucado e deve ser tratado dessa forma. Os cuidados que devem ser adotados nessa situação são muitos semelhantes ao processo de cicatrização de um corte.

Continua após a publicidade

Entre os principais cuidados podemos citar:

  • Evite atrito nos primeiros dias: o plástico filme ou o adesivo hipoalergênico têm a função de barreira contra germes ou corpos estranhos que possam irritar a região da tattoo, mas o cuidado deve seguir além da primeira semana.
  • Evite sol, mar e piscina: caso seja inevitável passar períodos no sol, aplique muito protetor solar na região. Os mergulhos devem ser evitados pois piscinas, lagos e o mar são locais com muita exposição a bactérias que podem ser nocivas à saúde da pele e ao processo de cicatrização.
  • Alimentação saudável: comidas gordurosas retardam o processo cicatrizante e anti-inflamatório. A recomendação é focar em refeições com maior presença de frutas, verduras e vegetais.
  • Não coce e nem tente retirar as casquinhas: igual a um corte quando formar aquela casquinha, uma tatuagem nova costuma coçar durante a coagulação. Só que coçar a tattoo pode aumentar ainda mais a irritação e nem sempre as cascas estão soltas: elas podem estar ligadas a camadas mais profundas da pele e danificar a tatuagem caso sejam retiradas à força.
  • Hidratar é o caminho: o processo de recuperação da pele é longo e a hidratação da região é um recurso que deve acompanhar toda essa jornada.

Quais cuidados devemos ter com tatuagens antigas?

As tatuagens são como os piercings na relação com o corpo, necessitando de um cuidado constante ao longo da vida. A hidratação e proteção contra a exposição solar são cuidados contínuos que mantêm o desenho mais fiel e com a coloração mais viva mesmo com o passar dos anos.

Da mesma forma que um piercing pode formar a famosa queloide mesmo após estar há anos cicatrizado, a tinta da tatuagem sempre vai ser um corpo estranho para o organismo. Por esse motivo, é comum que tatuagens, mesmo que muito bem higienizadas, comecem a coçar esporadicamente depois da cicatrização.

Continua após a publicidade

É uma sensação conhecida para os tatuados, mas é aliviada rapidamente. Porém, se a sensação for constante e repetitiva, é necessário consultar um dermatologista e, se possível, verificar a procedência dos materiais utilizados na tatuagem.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.