Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Exercite-se para viver mais

Pessoas que se movimentam ao longo do dia têm até cinco vezes menos risco de morrer do que os sedentários

Por Thiago Nepomuceno Atualizado em 14 fev 2020, 18h29 - Publicado em 29 fev 2016, 12h14

Essa é pra você que passa muito tempo sentado na frente de um computador ou televisão: um estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos revela que esse hábito abala a longevidade.

Os 3 mil voluntários, de 50 a 79 anos, usaram durante sete dias um aparelho chamado acelerômetro, que consegue registrar todos os movimentos do corpo. Os pesquisadores então compararam esses dados com as mortes registadas durante oite anos. Conclusão: as pessoas que se exercitaram bastante tinham uma probabilidade cerca de cinco vezes menor de morrer durante o acompanhamento. E até os que se mexiam de maneira moderada apresentavam vantagens: em comparação com quem passava o tempo todo sentado, essa turma corria um risco três vezes menor de morrer.

Os cientistas ressaltam que até atividades como lavar a louça ou limpar o chão já trazem benefícios. Segundo eles, dez minutinhos extras de movimento por dia já fazem a diferença. O importante é quebrar aqueles grandes períodos de inatividade completa.

  • Publicidade