Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Respirar de boca aberta gera mau hálito em crianças

A respiração bucal resseca a saliva, abrindo espaço para as bactérias causarem o fedor

Por Thiago Nepomuceno Atualizado em 31 ago 2018, 17h29 - Publicado em 22 nov 2016, 09h30

Você já reparou no jeito que seu filho inspira o ar? A pergunta parece curiosa, mas tem tudo a ver com uma chateação que incomoda bastante os jovens, a halitose. Em um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o cirurgião-dentista Giancarlo Zanoli Trentim avaliou 55 garotos e garotas entre 3 e 14 anos. Eles foram divididos de acordo com o jeito de respirar – pelo nariz ou pela boca.

Descobriu-se, então, que 63% do grupo com respiração eminentemente bucal tinha halitose (número maior do que o encontrado na outra turma). E a explicação é simples: todo mundo carrega bactérias por trás do mau hálito. Só que, ao puxar o oxigênio por entre os lábios, a saliva resseca e isso abre espaço para micro-organismos se proliferarem e causarem o fedor. E olha que esse quadro não é incomum na infância. Isso porque, na fase da troca dos dentes, os permanentes podem deixar a boca um pouco aberta por serem grandes, em especial durante o sono da criança. “Vale procurar um dentista para verificar se o crescimento facial e a posição dos dentes estão de acordo com a faixa etária”, orienta Trentim. “Se estiver tudo bem e a halitose persistir, a recomendação é caprichar na escovação, sobretudo antes de dormir”, arremata.

  • Mau odor pode indicar:

    Saburra na língua

    Gengivite

    Respiração bucal

    Diabete

    Leia também: Fio dental é indispensável para a higienização bucal

    Narinas bem abertas

    Quando inspiramos, o nariz filtra e aquece o ar antes de entrar nos pulmões, o que não ocorre quando a respiração é feita pela boca. Além disso, esse processo controla a entrada de bactérias no organismo. Dito de outra maneira, puxar oxigênio pela cavidade bucal aumenta o risco de infecções. Só tenha em mente que, se o hábito não vai embora, pode sinalizar desvio de septo ou outros problemas.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade