Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Desigualdade racial afeta envelhecimento da população negra

Trabalho aponta que falta de inclusão social e acesso a serviços de saúde compromete a longevidade da população negra no Brasil

Por Diogo Sponchiato
7 ago 2023, 09h34

Não bastasse ter de enfrentar um racismo estrutural e institucional de origem histórica, os negros encaram uma série de desafios e limitações sociais para um envelhecimento saudável.

É o que se tira de conclusão de uma pesquisa publicada pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), em parceria com a associação Itaú Viver Mais.

Os estudiosos entrevistaram 1 462 pessoas de 50 anos ou mais de São Paulo, Salvador e Porto Alegre e, em cima dos dados colhidos, avaliaram 11 indicadores de bem-estar.

Em pelo menos cinco deles, a desigualdade racial se fez notar: inclusão produtiva, segurança financeira, exposição à violência, acesso à saúde e inclusão digital.

Ainda foram observadas discrepâncias de gênero e local. Os resultados sublinham a necessidade de contemplar essas questões nas políticas públicas nacionais.

gráficos-pesquisa
(Gráficos: Laura Luduvig/SAÚDE é Vital)

+ LEIA TAMBÉM: Estudo indica que racismo contribui com obesidade

O que precisa mudar?

Pontos que prejudicam o bem-estar dos negros, que somam 56% da população brasileira, de acordo com o estudo do Cebrap

Inclusão produtiva: o quesito leva em conta as fontes de renda e subsistência da população — piores para os negros.

Segurança financeira: o conceito abrange a capacidade de pagar as contas do mês e adquirir itens básicos para a família.

Acesso à saúde: diz respeito à viabilidade de ser atendido em postos de saúde e passar por consultas.

Continua após a publicidade

Exposição à violência: abarca os perigos a que os cidadãos estão expostos nas ruas e dentro de suas comunidades.

Inclusão digital: é o letramento e o acesso a tecnologias cada vez mais necessárias para o dia a dia.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.