Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Imagem Blog

O Fim das Dietas Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Antonio Lancha Jr, professor expert em atividade física e nutrição da USP e autor de livros como "O Fim das Dietas", ensina como emagrecer sem cair em promessas furadas
Continua após publicidade

É possível engordar perdendo peso e emagrecer ganhando peso

Eliminar o excesso de gordura não é sinônimo de perda de peso. E entender essa diferença é vital para não cair no apelo de dietas da moda

Por Antonio Lancha Jr.
Atualizado em 28 jan 2021, 13h53 - Publicado em 28 jan 2021, 13h31

Pra entender este título, você antes deve compreender como a água é distribuída no nosso organismo. Aproximadamente 70% do corpo é composto desse líquido. E a água se apresenta em maior proporção nos músculos. Um elemento essencial para o alojamento dela na musculatura é a nossa reserva de carboidratos. Para estocar um grama de carboidrato nos músculos (ou no coração e no fígado), são necessários mais ou menos três gramas de água.

Possuímos, em média, um quilo de carboidratos no corpo, que são guardados junto com três quilos de água. E agora chegamos ao meu ponto: toda a vez que fazemos privações radicais de alimentos contendo carboidratos, reduziremos essa reserva de carboidrato rapidamente — e aí a água vai embora junto, gerando uma súbita perda de peso.

Agora eu pergunto a você: eliminar carboidrato, músculo e água é eliminar gordura? Não, né. Pronto, agora entendemos que a privação de carboidratos na nossa alimentação promoverá perda de de massa magra, não de massa gorda.

Portanto, essa redução de peso vinda de dietas que privam em excesso o carboidrato gera, proporcionalmente, um maior porcentual de gordura em nosso corpo. Nós perdemos peso, mas engordamos.

O inverso também é verdadeiro. Caso você coma aquela macarronada de domingo, faça duas coisas. Primeiro: beba bastante água para o carboidrato ser estocado.

Segundo: esteja preparado para ver um aumento rápido no ponteiro da balança. E saiba que esse incremento do peso corporal representa eminentemente acúmulo de água, e não de gordura. Agora associe isso ao fato de que, com certos exercícios, você aumenta seu volume muscular. Só que o porcentual de gordura no corpo vai cair. Você emagreceu ganhando peso.

Assim, para que você encontre sua melhor versão, sugiro focar menos na balança e mais nas suas roupas. O que você veste dá uma referência melhor se engordamos ou emagrecemos.

Mas se você tem apego à balança, escolha apenas um dia da semana para se pesar, de preferência no mesmo horário. Minha dica: toda sexta-feira pela manhã. Enão esqueça: emagrecer vai muito além de perder peso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.