Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Testes genéticos: quando você precisa fazer

Exames que avaliam nosso genoma se tornam cada vez mais comuns. Entrevistamos duas especialistas no assunto para saber em que situação eles são válidos

Por André Biernath Atualizado em 10 abr 2017, 11h21 - Publicado em 15 abr 2016, 10h06

Os testes genéticos já são realidade. Eles não custam mais uma fortuna e podem ser úteis para avaliar o risco de desenvolver determinadas doenças ou até para determinar o melhor tratamento para um distúrbio já diagnosticado. Porém, há muitas pegadinhas e propagandas enganosas nesse mercado. Para saber mais sobre o assunto, recebemos na redação de SAÚDE, em São Paulo, a pesquisadora Daise Sas, do Genotyping, e a oncologista clínica Ana Carolina Gouvea, assistente do Ambulatório de Câncer Hereditário do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp). Elas participaram de uma transmissão ao vivo, direto de nossa página no Facebook, em que responderam questões enviadas pelo público. Você pode conferir a entrevista na íntegra abaixo:

Publicidade