saudeLOGO Created with Sketch.

A alimentação realmente nos protege contra o câncer?

Sim! E cientistas estão fazendo um verdadeiro trabalho de detetive para desvendar quais nutrientes têm essa habilidade

Já existem bons indícios de que a alimentação pode fazer diferença no plano de prevenção do câncer. Mas é preciso esclarecer logo de cara que ela não se propõe a operar milagres. Os tumores são resultado de uma multiplicação descontrolada das células — e isso é influenciado por genes e hábitos ruins, como tabagismo e sedentarismo. Pois bem, esse aglomerado microscópico se avoluma e pode se espalhar, comprometendo todo o organismo. Não é à toa que o câncer figura entre as primeiras causas de morte em todo o planeta.

Leia também: exames para diagnosticar o câncer que salvam vidas

A boa notícia é que, se você caprichar no cardápio — aumentando a cota de legumes e verduras, por exemplo —, abastecerá o corpo de elementos já comparados a guarda-costas das células. Nesse esquadrão aparecem substâncias antioxidantes, compostos anti-inflamatórios e as fibras. Em comum, todos dão sua pitada de contribuição para anular ou eliminar moléculas capazes de agredir os tecidos.