Assine VEJA SAÚDE por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Luzes contra a acne: o uso de lasers no tratamento

Essa tecnologia se consolida como uma das formas de tratar espinhas e afins

Por Ingrid Luisa
2 fev 2024, 10h12

A s famigeradas espinhas atormentam cerca de 80% dos jovens pelo mundo.

Mais comuns na puberdade, elas ocorrem quando as glândulas sebáceas são obstruídas por óleo ou células mortas, o que abre caminho a uma inflamação e infecção por bactérias.

Há vários tratamentos para amenizar o quadro, de sabonetes antioleosidade e pomadas que controlam a inflamação a antibióticos e remédios com ação mais intensa e sistêmica.

De uns anos para cá, outra via vem despontando e ganhando adeptos nos consultórios: os tratamentos à base de luz, sobretudo os lasers.

“A acne mexe muito com a autoestima, e nem todos conseguem seguir tratamentos tópicos ou orais. Os lasers são, assim, uma boa alternativa”, diz Renata Porphirio, médica do The Corner Sports & Health.

+Leia Também: 12 dúvidas comuns sobre a acne

O custo ainda é o entrave

Apesar dos ótimos resultados, dificilmente se trata acne com apenas uma sessão de laser.

Geralmente, são de três a seis visitas, podendo ser necessária a combinação com outras terapias, a depender da gravidade.

Como isso exige especialização dos médicos responsáveis e o equipamento é caro, o preço fica salgado: média de mil reais por sessão.

+Leia Também: Rosácea: o que é e como é feito o tratamento

Tecnologias em alta

Elas já contam com evidências de eficácia

Continua após a publicidade

Laser 1064
O mais comum para acne, tem atividade microbicida, anti-inflamatória e cicatrizante.

Fotomodelação com luz
O LED vermelho é anti-inflamatório e ajuda na regeneração das células; e o azul é antibacteriano.

Laser de CO2 fracionado
Atua estimulando o processo de cicatrização, elimina marcas e promove rejuvenescimento.

Laser 1726
Ainda não disponível no Brasil, age somente nas glândulas sebáceas, reduzindo sua atividade.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A saúde está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA SAÚDE.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja Saúde impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.