saudeLOGO Created with Sketch.

Veganismo para cachorros e gatos?

Pesquisa revela que a adoção do estilo de vida vegano entre os donos já está impactando a dieta de seus animais. Mas como fica a saúde deles?

Um estudo das universidades Massey, na Nova Zelândia, e de Guelph, no Canadá, mostra que 10% dos cães e 3% dos gatos de 3 673 tutores entrevistados seguem dietas vegetarianas ou comem apenas produtos à base de plantas. Entre os entrevistados veganos (quase 6%), 27% relataram que só oferecem vegetais a seus pets.

Segundo a zootecnista Geruza Silveira Machado, de Porto Alegre, isso é reflexo de um processo de humanização dos bichos, que hoje são vistos como familiares. “Esses dados são importantes para que o mercado responda com mais pesquisas e novos produtos”, analisa.

Para ela, é possível desenvolver rações balanceadas que atendam por completo às necessidades dos peludos só com nutrientes de origem vegetal. “Não é uma missão fácil, mas não é impossível”, acredita.

Veja também

O que considerar antes de dar uma dieta vegana aos animais

Orientação é crucial: converse com um zootecnista ou veterinário especializado em nutrição para tirar as dúvidas e ouvir conselhos certeiros.

Os pets são diferentes: cães se adaptam mais facilmente, pois são onívoros. Já os gatos, carnívoros, tendem a sentir dificuldade com a dieta vegana.

Tem pouco estudo: até existem alguns trabalhos indicando benefícios da dieta à base de vegetais, mas são feitos com poucos bichos e por pouco tempo.

Pode faltar nutriente: se as trocas não forem bem conduzidas, há risco de queda e opacidade de pelos, diarreia, problemas urinários e oculares e até depressão.