Clique e assine VEJA SAÚDE por R$ 6,90/mês

Como fazer o diagnóstico precoce do câncer de mama – Especial Outubro Rosa

Detectar esse tumor no início aumenta demais a chance de cura. Saiba como fazer isso neste vídeo especial com dois especialistas na área

Por Diogo Sponchiato - Atualizado em 30 out 2018, 15h56 - Publicado em 25 out 2018, 17h39

Nem sempre dá para evitar o câncer de mama. Mas o mastologista Carlos Alberto Ruiz, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP), aproveita o Outubro Rosa para dar uma boa notícia às mulheres que não conseguiram escapar dessa doença: “Mesmo quando o tumor surge, se é detectado no início, a chance de cura é alta. Há muita vida após o diagnóstico precoce”.

Essa fala dela é só uma entre as muitas preciosidades do vídeo acima. O médico, junto com Valéria Baraccat Gy, jornalista, psicóloga e diretora do Instituto Arte de Viver Bem, discutem o diagnóstico ideal e como fazer isso no Brasil.

Valéria, que defende as pacientes com câncer de mama há anos, dá um recado importante: “Me preocupa hoje a priorização que as mulheres dão em detrimento da saúde”.

Este vídeo fazer parte de uma série especial da SAÚDE sobre o Outubro Rosa. Para ver os outros, acesse a TV SAÚDE.

Continua após a publicidade
Publicidade